Macau recebe Seminário da CGU sobre contas públicas

Macau teve na tarde dessa quinta-feira (2), o Seminário Transparência e Acesso à Informação, realizado pela Controladoria Geral da União (CGU), que explicou e esclareceu aos técnicos da Prefeitura – especialmente os da Secretaria de Educação e Saúde – quais são as responsabilidades fiscais e jurídicas da gestão Municipal, quando se trata de financiamentos federais.

“Estamos vivenciando um novo momento em Macau, em que saímos daquela imagem de ex-gestores envolvidos com corrupção, para uma gestão que trabalha dentro dos princípios de transparência, democracia e participação.  Espero que esse treinamento seja bastante proveitoso para nossos técnicos, de modo que cada vez mais tanto nossos servidores, quanto a população viva uma nova realidade de sentir orgulho de ser macauense e que vive numa terra onde impera a democracia e a transparência”, disse o prefeito Tulio Lemos na abertura do evento.

O Seminário foi articulado pelo projeto de Extensão Institucional da UFRN da Pró-Reitoria de Planejamento e Coordenação Geral, coordenado pela arquiteta macauense,  Giovana Paiva, denominado “Participa Macau” e que entregou ao prefeito Tulio Lemos, naquela ocasião, o diagnóstico preliminar que entra agora para a segunda etapa de elaboração de um Plano de Ação de Gestão, sobretudo nas áreas de Saúde, Educação e Assistência. O projeto não tem ônus para a Prefeitura e os técnicos envolvidos, sejam da gestão Municipal, sejam da UFRN trabalham de forma voluntária.

“O prefeito buscou a UFRN a fim de estabelecer parcerias para qualificar a gestão pública Municipal. E a UFRN, por meio do pro-reitor de Planejamento, João Evangelista, propôs a elaboração desse diagnóstico. A gente tem autonomia para elaborar a proposta e os técnicos da Prefeitura têm abraçado esse trabalho. Tudo o que está sendo feito, tem a participação ativa deles” explicou Giovana Paiva.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *