Vencimento das Taxas de licenciamento e IPVA para placas 7 e 8

Detran/RN

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran), juntamente com a Secretaria do Estado de Tributação (Set), comunicam aos usuários que o IPVA (Cota Única e 1ª Cota) dos veículos com placas de finais 7 e 8 vencem hoje (4) e amanhã (5), respectivamente.   As taxas de licenciamento vencem no mesmo mês, porém nos dias 14 e 15 de junho.
Para emissão das guias, o cidadão deve acessar o site (www.detran.rn.gov.br), clicar em consulta de veículos e boletos, informar Placa e Renavam e na aba “Listagem de Débitos” selecionar o débito desejado para gerar a guia, realizando o pagamento nos terminais de autoatendimento, bem como no site do Banco do Brasil. O correntista também poderá realizar o pagamento via aplicativo de celular.
Para os não clientes do Banco do Brasil há a opção de realizar o pagamento da guia, utilizando o cartão de débito de qualquer banco nos terminais de autoatendimento BB, desde que esteja com a guia impressa. Para realizar o pagamento sem a emissão da guia, basta dirigir-se aos correspondentes bancários do Banco do Brasil (Pag fácil) e informar o número da Placa e do Renavam.

 

Leia Mais

Ezequiel requer benefícios para municípios do Seridó, Agreste e Mato Grande

Crédito das Fotos:  Eduardo Maia
Municípios das regiões Seridó, Agreste e Mato Grande vão receber melhorias nas áreas de segurança pública e abastecimento de água, quando as solicitações encaminhadas pelo deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) forem atendidas pelo governo do Estado.

Para Tenente Laurentino Cruz, no Seridó foram requeridos a recuperação, com urgência, da delegacia do município, o aumento do efetivo policial e melhores condições de trabalho para a Polícia Militar e a perfuração e instalação de poços tubulares.

“Com uma população estimada pelo IBGE em 5.900 habitantes, a perfuração de poços tubulares se faz necessária para prevenir os problemas que poderão surgir caso ocorra colapso no abastecimento. Com relação à segurança pública, o município está vulnerável e a situação da delegacia está precária, necessitando com urgência de uma reforma”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira para as solicitações feitas.
A perfuração de poços foi feita para os distritos Baixa do Mateus, Cinco Cantos, Curicata, Zé Antônio, Muniz e Riachão, que enfrentam ameaça de colapso no abastecimento de água.

O deputado Ezequiel também solicitou a perfuração e instalação de poços para os municípios de Boa Saúde e Brejinho, na região Agreste. Em Boa Saúde a solicitação foi para as comunidades Riacho das Rosas, Ipueiras, Riacho dos Pinheiros, Murici, Limoeiro, Tamata, Xique-Xique, Lagoa da Horta, Córrego de São Mateus, Lagoa da Onça, Pimentas, Lagoa da Cajarana e Lagoa das Flores.
Em Brejinho vão ser beneficiadas as comunidades Esperança, Xique-Xique, Remédio, Lagoa da Ema, Papo Sul e Arame.

Já para Pedra Grande, na região Mato Grande o requerimento foi para a implantação do Projeto Ronda Cidadã.

Leia Mais

Luta pela regulamentação da jornada dos enfermeiros é debatida na Assembleia do Povo

Crédito da Foto: Eduardo Maia
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte acolheu nesta segunda-feira (4) pedido da classe de enfermagem do Estado para que a Casa passe a encampar a luta pela regulamentação da jornada de 30 horas, permitindo repouso digno. O assunto chegou ao Poder Legislativo através de audiência pública proposta pela deputada Márcia Maia (PSDB).

“Precisamos estabelecer metas para serem perseguidas e cumpridas. Estamos tratando aqui da questão de profissionais cujo bem-estar influencia diretamente na saúde da coletividade. Essa é uma pauta que precisa repercutir em outros órgãos, como Estado, municípios etc.”, destacou a deputada Márcia Maia.

Para a presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren), Silvia Helena, a luta é inadiável. “Há muito tempo se fala dessas 30 horas. Somos 33 mil enfermeiros no RN. Fazemos o que fazemos por amor. Nosso anseio é que a categoria se una”, declarou a representante do órgão representativo da categoria.

Também presente à discussão, o representante do Conselho Federal de Enfermagem, Eduardo Siqueira, destacou a demora que a luta vem enfrentando. “Há 18 anos que o projeto sobre o assunto está parado na Câmara dos Deputados. Essa demora gera risco. É inadmissível erro na saúde. E profissionais que não estejam com o bem-estar assegurado podem comprometer o outro”, destacou.

A deputada Márcia Maia ponderou ainda que, infelizmente, outros órgãos convidados para o debate, como o Estado e a Prefeitura do Natal, não enviaram representantes para aprofundar as discussões.

Leia Mais