“Todo Camburão tem um pouco de navio negreiro” chega a Natal através do Programa Petrobrás distribuidora e Ministério da Cultura

O Grupo Nóis de Teatro chega a Natal com o espetáculo, “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro”. Com patrocínio da Petrobras Distribuidora e realização do Governo Federal e Ministério da Cultura, o projeto Circuito Camburão: Nóis de Teatro 15 anos leva o espetáculo, que tem três anos de existência, para novos territórios do Brasil. Serão quatro apresentações em Natal, nos dias 25, 26 e 27 de janeiro, quinta, sexta e sábado, às 19h, na Praça da Árvore de Mirassol, além do domingo, dia 28, às 19h, no Centro Cultural Jesiel Figueiredo Área de Lazer do Gramoré, R. Guaíra – Lagoa Azul, Zona Norte. O espetáculo é gratuito.

Atuante na periferia de Fortaleza há 15 anos, o Grupo Nóis de Teatro faz a circulação do seu espetáculo, “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro”, por quatro cidades do Nordeste brasileiro. As cidades são: Natal- RN; João Pessoa- PB; Teresina- PI e São Luís – MA.

Além da apresentação do espetáculo, o Nóis de Teatro oferece a oficina “Dramaturgias da cidade”. A vivência está dividida em etapas de 4h cada onde, antes do espetáculo, os participantes terão contato com os mecanismos estéticos da produção do Nóis de Teatro e, após ver o espetáculo, participarão da conclusão desse processo tendo como referencial a obra vista no espaço público. A ideia é mobilizar grupos de teatro da região, contribuindo para a articulação do intercâmbio e troca de experiências com artistas da cidade, estratégia que acreditamos ser fundamental para o fortalecimento do teatro de grupo nordestino.

O espetáculo “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro”, que tem a direção de Murillo Ramos e foi vencedor do Prêmio Funarte de Arte Negra, conta a história de Natanael, uma espécie de anti-herói que nasceu na periferia. Dividido em três atos, a busca por uma construção dialética está bem acentuada nessa produção do Nóis. Narramos a saga de um negro que nasce numa situação muito comum a de muitos brasileiros, vive inserido num sistema de opressão e violência e, aos 18 anos, resolve entrar pra polícia militar. Trazemos uma dramaturgia épica, onde o ator narrador é o grande foco, numa espécie de “tragédia afro”, com elementos alegóricos e representativos do universo do movimento negro no Brasil num link direto de referência à mitologia dos Orixás.

O Nóis de Teatro atua desde 2002 na periferia de Fortaleza – Ce. Nesses 15 anos, o grupo resiste em sua comunidade desenvolvendo projetos culturais no Território de Paz do Grande Bom Jardim, tornando-se uma das referências nacionais de trabalho artístico desenvolvido em periferia.

A pesquisa estética do grupo tem como matriz um olhar político sobre a sociedade, apoiando-se na poética democrática dos espaços públicos como lugar de encenação e descobertas. As vertentes do Teatro Épico Dialético e suas interfaces com a performance do ator de rua contemporâneo tem sido o mote para a sua construção poética, refletida no seu atual repertório de espetáculos: “A Granja”, “Quase Nada”, “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro”, além das performances anuais da sua intervenção urbana “O Jardim das Flores de Plástico”.

Nessa primeira etapa da circulação, entre os dias 25 e 28 de janeiro de 2018, o Grupo chega a Natal para apresentar na Praça da Árvore do Mirasol e no Centro Cultural Jesiel Figueiredo. Todas as sessões serão gratuitas e contarão com tradução em libras, além de visita tátil à cenografia, contribuindo para a acessibilidade na cena teatral brasileira. Este projeto foi selecionado pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura 2017/2018

Serviço:

Dias 25, 26 e 27 de janeiro, quinta, sexta e sábado, às 19h “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro” Local: Praça da Árvore de Mirasol Av. Sen. Salgado Filho – Capim Macio, Natal – RN

Dia 28 de janeiro, domingo, às 19h “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro” Local: Centro Cultural Jesiel Figueiredo Área de Lazer do Gramoré, R. Guaíra – Lagoa Azul, Natal – RN

Ficha Técnica Coordenação Geral – Altemar Di Monteiro Direção -– Murillo Ramos Dramaturgia e Assistência de Direção – Altemar Di Monteiro Elenco – Doroteia Ferreira, Kelly Enne Saldanha, Altemar Di Monteiro, Henrique Gonzaga, Amanda Freire, Carlos Magno Rodrigues e Maurício Rodrigues Contraregragem – Bruno Sodré, Nayana Santos e Angélica Freire Cenografia – Jefferson Saldanha Figurino -– Miguel Campelo Bonecos – Carlos César Adereços – Pádua Oliveira Maquiagem – Kelly Enne Saldanha Preparação Vocal – Danilo Souto Preparação Canto – Juliana Veras Produção – Nóis de Teatro

Leia Mais

Prefeitura do Natal lança Seleção Pública para o Carnaval Multicultural



 

Seleção atende blocos, troças, bandas de frevo, atrações de palco, escolas de samba, tribos de índios, rei, rainha e figurinista

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte) publica na edição de hoje (16) do Diário Oficial do Município o edital de Seleção Pública para o Carnaval Multicultural 2018. A publicação apresenta os regulamentos, documentos necessários, anexos e exigências legais a serem seguidas para o fomento e contratação de atrações musicais, orquestras de frevo, escolas de samba, tribos de índios, reinado de Momo (Rei, Rainha e Corneteiro) e coordenação. Todo o material pode ser baixado também no Blog da Funcarte www.blogdafuncarte.com.br

Todos os regulamentos, anexos e documentos necessários foram disponibilizados pela Prefeitura do Natal de forma online e a Secult/Funcarte reservou um local especial dentro de sua estrutura para atender a demanda. A direção de Patrimônio Cultural da Funcarte, Departamento Jurídico e Núcleo de Música formam uma equipe de 12 profissionais para dar celeridade e agilidade no processo de inscrições.

As inscrições pode ser feitas a partir desta terça-feira (16) na sede da própria Secult/Funcarte, mas somente serão aceitas pelas comissões e departamentos com a presença de todos os documentos exigidos na Seleção Pública no ato da inscrição. Mais informações: 3232-4956.

 Saiba detalhes do Edital

A chamada pública elaborada e lançada pela Prefeitura do Natal irá contemplar 24 atrações musicais para serem distribuídas pelos polos: Centro Histórico, Ribeira, Petrópolis, Ponta Negra, Redinha e Zona Oeste. O investimento para esta modalidade é de R$ 159.900,00 (Cento e cinquenta e nove mil e novecentos reais). Sendo assim distribuído conforme a Seleção Pública: Atrações Musicais Carnavalescas dos Polos num total de 24, cachê de R$ 5.000,00.  Atrações Musicais Diversas (Intérpretes, Bandas e Grupos) para a Virada Carnavalesca num total de 8, cachê R$ 2.500,00. Revelações Musicais Diversas (Interpretes, Bandas e Grupos) para a Virada Carnavalesca num total de 7, remuneração de R$ 2.500,00 e MCs e DJs (02) com cachê de R$ 1.200,00 totalizando R$ 2.400,00 nesta modalidade.

O edital para bandas de frevo vai credenciar, selecionar e apoiar financeiramente para a realização de apresentações musicais a serem executadas no acompanhamento das Agremiações Carnavalescas (Blocos e Troças) do Carnaval Multicultural de Natal. Da mesma forma para Escolas de Samba, Tribos de Índios, Rei, Rainha, Corneteiro, Figurinista e Coordenador.

Para a folia ficar completa, nada como bandas de frevo para animar os blocos de rua. As categorias estão separadas por bandas com 6, 15, 26, 40 e 52 músicos, além do Maestro de cada banda.

Os vencedores nas categorias Rei e Rainha receberão premiação em dinheiro no valor de R$ 7.000,00 cada. O Corneteiro R$ 4.000,00 (quatro mil reais), Figurinista R$ 8.000,00 a título de apoio financeiro para a confecção dos figurinos e adereços e Coordenador, R$ 5.000,00.

Para as Tribos de Índios, a Seleção Pública prevê incentivo a 9 delas no valor de R$ 9 mil cada, totalizando R$ 81 mil nesta modalidade. A novidade é que este ano as Tribos se apresentam no Polo Ponta Negra.

As Escolas de Samba dos Grupos “A” e “B” selecionadas receberão apoio financeiro para desfile no Carnaval Multicultural de Natal. Para as Escolas do Grupo “A”, serão disponibilizadas seis vagas e para o Grupo “B” serão disponibilizadas cinco vagas. Os valores variam entre R$ 10 mil a R$ 2 mil.

O Carnaval de Natal começa dia 8 de fevereiro, no Largo do Atheneu, com apresentação de Carlinhos Brown e banda, comandando a folia em alto estilo no tradicional Baile de Máscaras. Atrações musicais da nossa cidade e blocos também estarão presentes na abertura da Folia 2018.

Leia Mais