NATAL EM NATAL TRANSFORMA A CIDADE NA CAPITAL CULTURAL DO PAÍS

Uma verdadeira invasão cultural em todas as áreas. Assim será o Natal em Natal deste ano, festejando os 418 anos da Capital Potiguar. A programação promovida pela Prefeitura do Natal e diversos parceiros tem início já no dia 2 de novembro com o FestGourmet, na praça Augusto Severo, na Ribeira e vai até janeiro com o Festival Ribeira 360.

O prefeito Carlos Eduardo lançou o Natal em Natal, nesta quinta-feira (26), no auditório do hotel Holliday Inn, no bairro de Lagoa Nova. “Natal a partir de agora começa a fazer uma das maiores festas culturais do País. A cidade se transforma, nesse período, na capital cultural do Brasil”, festejou o prefeito.

Além da importância cultural, o prefeito ressaltou a movimentação financeira que acontece na cidade durante o período da festa, principalmente em um momento de crise econômica. “Apesar da realidade econômica, a Prefeitura se esmerou para que essa festa não fosse atingida. Estamos fazendo um investimento que supera qualquer dificuldade”, analisou Carlos Eduardo.

O Prefeito relembrou os números da pesquisa realizada pela Fecomércio nos anos de 2016/2017. “Ano passado a Fecomércio aferiu a movimentação financeira do Natal em Natal. Foram movimentados R$ 80 milhões no Natal em Natal e, no Carnaval, R$ 40 milhões. Ou seja, nesses meses foram R$ 120 milhões. Isso é apoio ao turismo, estímulo à economia em várias áreas e uma movimentação cultural que não tem preço”, disse. Para isso, Carlos Eduardo revelou que um esforço administrativo foi feito pela sua gestão.

Serão shows musicais de artistas potiguares e nacionais, projetos nas áreas da Dança, Literatura, Religiosidade, Audiovisual, Patrimônio Histórico e concertos da Banda Sinfônica da Cidade de Natal.

Além disso, para esta edição, há dezenas de projetos integrados ao calendário com os incentivos da Lei Djalma Maranhão, Ministério da Cultura (Audiovisual) e parceiros da iniciativa privada como UNI-RN, UniNassau, Ecocil, Drogasil, Grupo Vila, Banco do Brasil, Fecomércio, Senac, Sesc, CDL, Unimed, Cei Romualdo, LA Hotels, Arena das Dunas e Grupo 3 Corações.

“É uma festa popular que a Prefeitura criou e com a adesão dos que fazem a cultura da cidade essa festa se consolidou”, concluiu Carlos Eduardo dividindo o palco com o cantor Pedrinho, que explicou as origens da canção “Linda Baby”, considerada como um hino da cidade.

TODOS OS EVENTOS:

Gastronomia abre o Natal em Natal

O calendário do Natal em Natal deste ano será inaugurado com a gastronomia potiguar à mesa. De 2 a 4 de novembro, o Natal FestGourmet — Gastronomia e Cultura ocupará a praça Augusto Severo, na Ribeira, com uma programação que celebra a nossa culinária de forma acessível para o público de Natal e turistas em visita à capital.

O Natal FestGourmet contará com praça gastronômica, serviço de restaurantes e menus especiais, concursos, palestras, oficinas na Arena Senac de Gastronomia e exposição de produtos gastronômicos. Completam a programação os shows musicais e uma galeria de arte com exposição de 30 trabalhos de 15 artistas visuais.

Festival Literário abraça todas as linguagens

Em torno do Festival de Literário de Natal (Flin), que acontecerá de 8 a 11 de novembro na Praça Augusto Severo, estarão representadas todas as linguagens artísticas da cidade. Nas tendas literárias do Flin, grandes nomes da cultura brasileira se farão presentes em debates e reflexões.

Esta edição vai homenagear Zuenir Ventura, que vai estar rodeado de lendas como Edney Silvestre, Tom Zé, Jaguar e Antônio Nóbrega. Também estão confirmados Mauro Ventura, o chargista Cláudio Oliveira, Ana Miranda, Marcelo Rubens Paiva e Antônio Cícero. O FLIN vai transitar entre a memória e a ficção, desde o legado de Ariano Suassuna e Henfil.

Lançamento Revista Brouhaha


A revista #Brouhaha ressurge com o mesmo espírito inovador com que nasceu, mantendo o diálogo de sempre com artistas e realizadores de cultura, que a tornou tão singular e especial em nossa cidade. Mas agora, ela volta seguindo uma tendência mundial e irreversível: deixa de ser apenas um veículo impresso para se tornar um veículo de convergência de mídias, apta a novas plataformas, adaptando sua leitura ao leitor e não o contrário.

Poesia dos Violeiros

No guarda-chuva do Festival Literário está integrado o Festival de Violeiros Repentistas, também na Praça Augusto Severo. O Festival reúne apresentações de cultura popular, shows e o melhor da viola nordestina na poesia oral de “Os Nonatos”, Ivanildo Vilanova, Raimundo Caetano, Oliveira de Panelas e Amâncio Sobrinho.

Cine Sol Abrange Setor Audiovisual

Os investimentos no segmento audiovisual e o permanente diálogo com a classe produtiva potiguar e nacional, transformou o setor num dos mais ativos na cena cultural da cidade do Natal. Pensando em otimizar as ações e englobar diversos projetos e linguagens, a Prefeitura do Natal lança o projeto “ Cine Sol”.

 

O Cine Sol engloba Festival de Cinema de Natal (Fest Natal), Festival Goiamum AudiovisualFestival Urbano Cine, e Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI).

A programação acontece durante os meses de novembro e dezembro. Começa com oficinas em escolas municipais nos bairros de Lagoa Azul e Felipe Camarão promovidas pelo Coletivo Urbano Cine (06 a 12/11), segue com o Fórum Internacional Pensar a Infância, sob realização do FICI (06 a 09.11| UFRN); o Festival Internacional de Cinema Infantil, sob realização do FICI (02 a 12.11| Cinemark); as Oficinas de capacitação para inserção dos realizadores no mercado audiovisual promovida pelo Festival Goiamum Audiovisual (10 a 12.11| Praça Augusto Severo); a Homenagem aos 30 (trinta) anos do Fest Natal (08 a 11.11| Praça Augusto Severo) e o lançamento e exibições de filmes (curtas e longas-metragens), bate-papos com personalidades do cinema, discussão de políticas públicas para o audiovisual, e ações para inclusão de grupos minoritários (mesas-redondas e lançamentos de filmes produzidos por mulheres, negros e LGBTs) (08 a 11.11| Praça Augusto Severo).

Circuito Cultural Zona Norte

Uma das novidades desta edição do Natal em Natal, começa dia 1º de dezembro com o projeto Circo na Praça e apresentações Circenses com grupos da Cidade, como o Tropa Trupe e Cia Ladrões de Sorrisos. Tudo no palco do Centro Cultural Jesiel Figueiredo.

O Circuito Cultural da Zona Norte reúne também de 8 a 10 de dezembro, no palco do Jesiel Figueiredo, o Festival Garagem de Rua, com apresentação de 12 bandas de Rock de Garagem que mais se destacam na cena Rock da Zona Norte.

Na sequência, projetos como o 2º Festival de Hip Hop de 11 a 17 num grande encontro dos jovens ligados à Cultura Hip Hop Potiguar. Dentro do Circuito também se integra a Semana Ceu 2017 (MOACY CIRNE) de 13 a 16 de dezembro. Entre elas, apresentação do espetáculo “Auto do Natal sob o olhar de um palhaço”.

No dia 14 tem Rodas de Diálogos com Workshops de Graffitis, Dança de Rua, Rima e Poesia. E nos dias 15 e 16 tem Festival de Rima Potiguar, além do Festival do Rap Potiguar, com shows com grupos de Rap dos mais variados estilos produzidos no RN.

Além desta vasta programação, o Natal em Natal conta com parcerias com o projeto movimento cultural nossos valores e ações sócio- culturais na Favela da África, sob coordenação de Miguel Carcará.

Festival da Ginga

O tradicional Festival da Ginga acontece de 18 de novembro a 16 de dezembro, na Redinha, reunindo uma das maiores tradições culinárias do RN num momento de celebração, concurso e geração de emprego e renda.

Aniversário da Cidade

Para esta data especial está confirmada apresentação de Pedrinho Mendes no show que comemora o aniversário da cidade e também os 30 anos de “Esquina do Continente”. O show será na Árvore de Mirassol, além de apresentações circenses.

Ações Patrimoniais

Ações patrimoniais fazem parte do calendário do Natal em Natal 2017, como a restauração e nova função para a histórica Travessa Pax, que irá homenagear K-Ximbinho.

Concurso de Decoração Natalina

Dentro da programação do Natal em Natal duas ações promovem o comércio da capital potiguar. Em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) a prefeitura Municipal do Natal realizará mais uma edição do Concurso de Decoração Natalina que vai premiar a melhor decoração em cinco categorias, sendo elas, vitrines e fachadas de lojas, condomínios comerciais e shoppings centers, hotéis, pousadas e restaurantes, residências particulares e condomínios residenciais.

O concurso de decoração natalina é uma tradição dentro do projeto “Natal em Natal” e visa estimular a comunidade em geral para se engajar nos festejos tradicionais de final de ano.  Também em parceria será realizada pela primeira vez a promoção Natal de Luz e Prêmios que visa movimentar o comércio e premiar os consumidores com prêmios.  A promoção acontecerá de 01 a 30 de dezembro, e a cada 30 R$ em compras o consumidor que comprar na máquina da Cielo ganha um cupom para concorrer aos prêmios, que são 50 no total (01 carros, 01 moto, 12 iphones, 12 TVs 40 polegadas,12 tabletes Samsung, 12 vales compras supermercado de R$500 e 50 cheques para os vendedores no valor de R$250 cada.

Ballet Municipal

Dias 8 e 9 de dezembro, no Palácio dos Esportes, tem uma tradição do calendário cultural nas últimas décadas: a apresentação de fim de ano do Ballet da Cidade. O projeto reúne centenas de alunos e professores, com participação de convidados nacionais.

Festa Natalina, Zona Oeste

No Natal em Natal tem também espaço para festas tradicionais nos bairros como a Festa Natalina, na Praça dos Beijoqueiros, no bairro do Bom Pastor (zona oeste). Trata-se de uma festa natalina com brincadeiras tradicionais, como corrida de saco, gato no pote, mamulengos, Reis Magos, Papai Noel e apresentações de Pastoril, Boi de Reis e Trenzinho da Alegria.

Novos Projetos Para 2017

Entre os projetos de alta relevância cultural na cidade que se integram nesta edição do Natal em Natal, está o Festival Dosol. Em sua 14ª edição, o festival acontece de 9 a 18 de novembro, no Beach Club, Centro Cultural Dosol, El Rock e Whiskritório. Bandas potiguares, nacionais e internacionais propiciam um grande recorte da produção independente brasileira.

  A Orquestra Ondas Musicais será uma das atrações na Árvore de Mirassol, durante a cerimônia de acendimento. A orquestra é formada por 23 alunos e comporta também crianças da Família Naval. Trata-se de um projeto de musicalização destinado à formação musical de dependentes de militares e de servidores civis da Marinha do Brasil.

Segundo o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão, esta edição registra uma adesão recorde de projetos consolidados na cena cultural: “São projetos que agregam qualidade à programação, gratuitos, que movimentam a economia criativa e geram emprego, renda e a ebulição da produção cultural da cidade”.

Um Presente de Natal

Em 2017, completando 20 anos de existência, o Presente de Natal estará nos dias 19 e 20 de dezembro no Teatro Riachuelo, sempre às 16hs, gratuitamente, realizando os nossos 20 anos de forma inusitada: com uma mini orquestra e com o espetáculo inteiramente ao vivo. Com um público médio por temporada de 50.000 pessoas, permaneceu em cartaz com jornadas de 15 dias pelo interior e 15 dias em Natal no mês de dezembro, por 10 anos.  Sem cair à qualidade e sem ferir seus conceitos artísticos, percorrendo em caravana, o interior do Estado (Mossoró, Pau dos Ferros, Caicó, Assú), assim como chegou a Zona Norte, celeiro cultural da nossa cidade, sempre hasteando a bandeira da arte potiguar.

Social Samba

O Social Samba é um projeto que tem por objetivo divulgar o samba na capital potiguar. Esse ritmo, que é genuinamente brasileiro, está presente na vida de todos e vai auxiliar a promoção dos grupos musicais de qualidade de Natal, divulgando a sua música autoral e interpretações próprias de clássicos do Samba. A primeira edição do projeto social samba acontecerá no dia 18 de novembro de 2017, sábado, das 16h às 23h e apresentará 3 bandas locais: a Roda de Samba Ribeira Boemia e as bandas Preto no Branco e Mesa Doze. O evento ainda contribuirá com uma entidade filantrópica através da sua bilheteria, a entrada será uma lata de leite e planejamos arrecadar mais de 1000 latas. A entidade assistida será a Caravana Natal Feliz.

Brasil Sabor 2017

A 12ª edição do Festival Brasil Sabor, promovido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – ABRASEL, será realizada nos dias 17, 18 e 19 de novembro, no Arena das Dunas. No Rio Grande do Norte, participam do evento 17 dos principais restaurantes potiguares. O tema proposto para esta edição é “Original do Brasil”, que busca valorizar os produtos de cada região, o aproveitamento total do alimento e aproximar toda a cadeia produtiva, principalmente os pequenos produtores. Cada restaurante participante preparou um prato especial para o festival, que será comercializado, no período, pelo valor de R$ 12,00 em menu degustação.

Circuito Gastronômico Praça Pedro Velho

A gastronomia também estará presente no mês de dezembro do Natal em Natal 2017. O Circuito Gastronômico De Natal, que acontece na Praça Pedro Velho de 14 a 17 de dezembro, com chefs de todo Brasil, restaurantes e os pratos mais criativos no tradicional Circuito Gastronômico.

Réveillon, Festa de Reis, Corais e Nossa Orla

Atrações consagradas no calendário cultural e turístico da cidade ganham novo fôlego, como o Réveillon com artistas potiguares na Redinha, a Festa de Reis, além do Festival da Ginga e o projeto Nossa orla, além do Encontro de Corais de Natal, realizado pela Secretaria Municipal de Educação, que terá apresentações no auditório do Cemure e já se tornou uma tradição do Natal em Natal.

Rock na Ribeira com o Festival 360

De 5 a 7 de janeiro tem a segunda edição do Festival Ribeira 360 reunindo artistas potiguares de diversos gêneros que se apresentam ao lado de convidados nacionais num grande festival de ritmos e tendências.

Esforço Secretarias

O Natal em Natal envolve esforço e dedicação de diversas secretarias do Município, como as Secretarias de Turismo, Mobilidade, Segurança, Saúde, Comunicação, Educação, Limpeza Pública e Serviços Urbanos.

Fotos: divulgação

Leia Mais

banner-pizza

4ª Mostra de Cinema de Gostoso anuncia selecionados

Evento será realizado de 17 a 21 de novembro. Longas e curtas-metragens serão exibidos na praia do Maceió, em São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte

A 4ª MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO agita culturalmente, a cidade de São Miguel do Gostoso, com uma tela de cinema (12 m de comprimento) montada ao ar livre, na Praia do Maceió. A população terá a chance de ver os mais recentes lançamentos cinematográficos brasileiros de 17 a 21 de novembro.

O projeto oferece uma série de cursos de formação técnica e audiovisual para 53 jovens de São Miguel do Gostoso e distritos arredores. Ao longo de cinco anos o grupo de jovens já realizou 33 oficinas, produziu 10 curtas-metragens e três edições da Mostra de Cinema de Gostoso, que possui direção geral de Eugenio Puppo e Matheus Sundfeld.

Sobre São Miguel do Gostoso (RN)

Localizada no Rio Grande do Norte, a 110 km da capital Natal, precisamente na ponta oeste do continente sul-americano, a cidade de São Miguel do Gostoso, conhecida como a esquina do continente, possui cerca de nove mil habitantes e apresenta belezas naturais e uma localização geográfica privilegiada, que atraem turistas principalmente de esportes radicais como o kitesurfe.

A cidade tem sido constantemente destaque entre conceituados veículos de mídia nacional e estrangeira como um dos melhores e mais atraentes destinos turísticos do mundo. Em matéria do jornal britânico Daily Telegraph, São Miguel do Gostoso surge entre praias da Malásia, África do Sul e Barbados como um dos Melhores lugares do mundo para se viver.

No suplemento “O melhor do Brasil” da revista Veja, a cidade foi escolhida como o melhor dos “novos destinos” da região nordeste. O jornal Valor Econômico publicou ampla reportagem sobre São Miguel do Gostoso, citando a cidade como um paraíso pacato, autêntico e com muito charme.

Com isso, a cidade vem apresentando um elevado crescimento no número de pousadas: mil leitos contabilizados em 2011 e uma rica e talvez única diversidade gastronômica no Estado.

MOSTRA COMPETITIVA (PRAIA DO MACEIÓ)

LONGAS-METRAGENS

Arábia – Ficção | 96 min | MG | 2017 | 16 anos
Direção: Affonso Uchôa e João Dumans

Café com Canela – Ficção | 102 min | BA | 2017 | livre
Direção: Ary Rosa e Glenda Nicário

Escolas em Luta – Documentário | 77 min | SP | 2017 | livre
Direção: Eduardo Consonni, Rodrigo T. Marques, Tiago Tambelli
Gabriel e a Montanha – Ficção | 131 min | RJ | 2017 | 14 anos

Direção: Fellipe Barbosa

 

CURTAS-METRAGENS

Borá – Documentário | 14 min | RJ | 2017 | livre
Direção: Angelo Defanti

Carneiro de Ouro
Documentário | 25 min | DF | 2017 | 10 anos
Direção: Dácia Ibiapina

Chico – Ficção | 22 min | RJ | 2016 | 10 anos
Direção: Irmãos Carvalho

Leningrado – Documentário | 20 min | RN | 2017 | livre
Direção: Dênia Cruz

Mamata – Ficção | 29 min | BA | 2017 | 12 anos
Direção: Marcus Curvelo

Meninas Formicida – Ficção | 13 min | SP | 2017 | 14 anos
Direção: João Paulo Miranda Maria

Nada – Ficção | 27 min | MG | 2017 | livre
Direção: Gabriel Martins

No Fim de Tudo – Ficção | 15 min | RN | 2017 | 10 anos
Direção: Victor Ciriaco

 

SESSÕES ESPECIAIS NA PRAIA DO MACEIÓ

As Duas Irenes (Fabio Meira, GO, 2017, 85min)

Os Últimos Cangaceiros (Wolney Oliveira, RJ, 2011,80min)

Jonas e o Circo Sem Lona (Paula Gomes, BA, 2016, 81min)

A Rotação da Terra (Dir.: Matheus Sundfeld, SP, 2017, 15min)

FILMES COLETIVO NÓS DO AUDIOVISUAL

O Grande Ó (Coletivo Nós do Audiovisual, RN, 2017, 10min)

Moeda Gostoso (Coletivo Nós do Audiovisual, RN, 2017, 13min)

Os Dois Lados do Lixo (Coletivo Nós do Audiovisual, RN, 2017, 12min)

 

MOSTRA INFANTIL

A Árvore de Humberto (Dir. Alunos do Projeto Animação, ES, 2016, 14min)

A Árvore e o Beijo (Dir. Cristiano Requião, RJ, 2015, 10min)

A Festa dos Encantados (Dir. MasanoriOhashy, DF, 2016, 13min)

A Fuga (Dir. Douglas Alves Ferreira, SP, 2015, 10min)

A Ilha das Crianças (Dir. Zeca Ferreira, RJ, 2016, 12min)

A Noiva do Coelhinho (Dir. Rafael Franco, GO, 2016, 11min)

A Orelha de Van Gogh (Dir. Thiago Franco, MG, 2015, 11min)

Boycóptero (Dir. Almir Correia, PR, 2016, 11min)

Cabelo Bom (Dir. Swahili Vidal / Codir. Claudia Alves, RJ, 2017, 15min)

Hora do Lanchêêê (Dir. Claudia Mattos, RJ, 2015, 15min)

Insustentarte (Dir. Thiago Ottoni, GO, 2015, 3min)

Ketz (Dir. Jackson Abacatu, MG, 2016, 1min)

Luiz (Dir. Alexandre Estevanato, SP, 2017, 16min)

Mãe de Giz (Dir. Almir Correia, PR, 2015, 5min)

Meu Pequeno Herói Não Sabe Voar (Dir. Pedro Jorge, SP, 2015, 19min)

O Bagre de Bolas (Dir. Luiz Botosso e Thiago Veiga, GO, 2017, 5min)

ÒrunÀiyé – A Criação do Mundo (Dir. Jamile Coelho e Cintia Maria, BA, 2015, 12min)

Os Segredos do Rio Grande (Dir. Alunos do Projeto Animação e Analúcia Godoi, ES, 2017, 5min)

OsibaKangamuke – Vamos Lá, Criançada (Dir. HayaKalapalo, TawanaKalapalo, Thomaz Pedro e Veronica Mona, SP, 2016, 19min)

MOSTRA PANORAMA

A Retirada para um Coração Bruto (Dir. Marco Antônio Pereira, MG, 2017, 15min)

A Terceira Margem (Dir. Fabian Remy, MG, 2016, 57min)

Anderson (Dir. Rodrigo Meireles, MG, 2017, 20min)

As Boas Maneiras (Dir. Juliana Rojas e Marco Dutra, SP, 2017, 135min)

Autópsia (Dir. Mariana Barreiros, RJ, 2016, 7min)

Baronesa (Dir. Juliana Antunes, MG, 2016, 75min)

Casulos (Dir. Joel Caetano, SP, 2017, 13min)

Cuscuz Peitinho (Dir. Rodrigo Sena e Júlio Castro, RN, 2016, 15min)

Deusa (Dir. Bruna Callegari, SP, 2016, 18min)

Em Torno do Sol (Dir. Julio Castro e Vlamir Cruz, RN, 2016, 12min)

Era Uma Vez Brasília (Dir. Adirley Queirós, DF, 2017, 100min)

Meu Corpo é Político (Dir. Alice Riff, SP, 2017, 72min)

O Peixe (Dir. Jonathas de Andrade, PE, 2016, 23min)

Coletivo Nós do Audiovisual

O O Coletivo Nós do Audiovisual, é formado por jovens de São Miguel do Gostoso, no estado do Rio Grande do Norte e distritos vizinhos. O “Nós” no sentido literal da palavra, significa um grupo onde todos estão interessados em abrir novas possibilidades de atuação e assim realizar filmes. O coletivo foi criado em 2013 pelos alunos dos Cursos de Formação Técnica e Audiovisual, realizados em Gostoso pela Heco Produções (SP) e pelo Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC-RN).

O coletivo já participou de 32 oficinas e realizou oito curtas-metragens entre 2013 e 2016. Com todo o conhecimento adquirido ao longo desses anos, o grupo também participa da produção da Mostra de Cinema de Gostoso onde, ao mesmo tempo que trabalham, aprendem e trocam conhecimentos com cineastas de outros estados presentes durante a mostra. Uma oportunidade única para esses jovens que descobriram no audiovisual uma oportunidade de crescer tanto profissional quanto pessoalmente.

Heco Produções

A Heco Produções atua, desde 1995, em projetos culturais de formação artística e educacional nas áreas de cinema, televisão, publicação e exposição. Realizou os documentários Sem Pena (Melhor Filme – Júri Popular – 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro; Melhor Documentário no 41º Festival SESC Melhores Filmes e Menção Honrosa no FEST In Lisboa); Ozualdo Candeias e o Cinema (Seleção Oficial Festival do Rio 2013 e Mostra Competitiva do 18º Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade); São Miguel do Gostoso; República; Transanarquia, Sociologia da Crise e Luar de Vila Sônia, estes três últimos em parceria com o cineasta Jorge Bodanzky. Está em fase de montagem da série para TV em 13 episódios intitulada História da Alimentação no Brasil, baseado no livro homônimo do escritor potiguar Luís da Câmara Cascudo.

A Heco tem como principais parceiros Cinemateca Brasileira, Museu da Imagem e do Som, TV Cultura, Museu Afro Brasil, Centro Cultural Banco do Brasil, Caixa Cultural, Banco do Nordeste do Brasil, CSN, BB DTVM e AMBEV. Já colaborou com o Museu Rainha Sofia, o Museu de Arte Moderna de Nova York, o Festival Internacional de Rotterdam, a Cinemateca Portuguesa, o Centro Georges Pompidou, a Cinemateca Francesa, entre outros.

Facebook:https://www.facebook.com/pages/Mostra-de-cinema-de-Gostoso/157396617695645

site do festival: http://mostradecinemadegostoso.com.br

Fotos: divulgação

Leia Mais

banner-pizza

RN divulga turismo de aventura no principal evento do gênero na América Latina

Kite surf, parapente, mergulho, passeio nas dunas e o nome internacional dos nossos surfistas são algumas das atrações do estande do Rio Grande do Norte para atrair visitantes durante a 18ª Adventure Sport Fair, que acontece na Expo São Paulo de hoje (27) até domingo (29).

A presença do RN foi viabilizada com recursos do Governo Cidadão, via empréstimo do Banco Mundial e o Estado potiguar é um dos dois representantes do Nordeste nesta edição do evento, considerado o principal no segmento de esportes e turismo de aventura na América Latina. São mais de 80 expositores.

“É um evento interessante para mostrarmos outras potencialidades do nosso Estado com o turismo de aventura. Temos recantos conhecidos no mundo para a prática de kite surf e parapente, por exemplo, e precisamos explorar esse segmento para o turismo”, analisou o secretário estadual da pasta, Ruy Gaspar.

Para o subsecretário de Turismo da Setur RN, Arnando Saint-Brisson, presente ao evento, esta é uma oportunidade de sedimentar ainda mais o trabalho de divulgação e promoção desenvolvido pela Setur e Emprotur no Sul e Sudeste, responsáveis pelo maior emissivo de turistas ao RN.

Saint-Brisson lembra o crescimento de kitesurfistas em São Miguel do Gostoso – um dos principais points mundiais para kite e wind surf – e Maxaranguape, onde esse ano aconteceu o campeonato brasileiro de free style. Ainda a prática de parapente em Ponta Negra. Sem esquecer o mergulho nos parrachos de Maracajaú.

Indo até o interior, se destaca o voo livre em Porto do Mangue e, principalmente, na Pedra do Lima, localizado em Patu, a 316 km de Natal – outro point mundial da prática. Ou ainda o rapel na cidade de Serra Caiada, distante 78 km da capital. Além, claro, do passeio de buggy nas dunas de Genipabu e Muriu, com ou sem emoção.

“E ainda o surf, sobretudo em Ponta Negra e Baía Formosa, celeiros dos  surfistas para o WCT (etapa mundial de surf). Não à toa temos nomes internacionais destacados nesta modalidade, com Jadson André e  Ítalo Ferreira. O Estado tem muito o que se aproveitar no segmento de turismo de aventura. Tudo começa aqui”, concluiu Saint-Brisson.

Leia Mais

banner-pizza