Projeto da Assembleia proporciona dia de lazer a idosos no Parque das Dunas

Crédito da Foto: Assessoria Cidadã
“É a segunda vez que participo dessa nobre ação da Assembleia Cidadã. Estou maravilhada com a programação do evento, principalmente com a oficina de arte da qual fiz parte. Eu não acreditava nunca que, à essa altura da vida, eu pudesse aprender e desenvolver meu lado artístico”, comemora Dona Dione Silva, de 65 anos. A aposentada faz parte do grupo de idosos da instituição “Conviver”, que assim como outros grupos da terceira idade, participam nesta quinta-feira (28) do projeto “Vivendo a Terceira Idade”, no Parque das Dunas.

A ação é uma iniciativa da Assembleia Cidadã em alusão ao Dia do Idoso, comemorado anualmente no mês de outubro, e consiste em oferecer um dia de lazer à pessoa idosa, disponibilizando programação diversificada voltada à qualidade de vida. De acordo com Suely Pimentel, que coordenou o projeto, a ação proporciona a integração entre os idosos.

“A Assembleia Cidadã promove um trabalho social voltado para certas camadas da sociedade, dentre elas, os idosos. Pensando nisso, realizamos hoje a segunda edição desse projeto, visando celebrar o Dia do Idoso através de uma programação de lazer e qualidade de vida que busca oportunizar o desenvolvimento de atividades que envolvam a aquisição de novos conhecimentos, convívio social, vivências artísticas e culturais”, explica Suely.

Participam da ação nove instituições potiguares que atendem a pessoa idosa, além dos idosos que comparecem individualmente ao evento, que é aberto ao público acima dos 60 anos. A programação no Parque segue durante todo o dia de hoje, contemplando palestras; oficinas de pintura em tela e pátina em porta retrato; cantinho da beleza com design de sobrancelha, esmaltação e corte de cabelo; clínica geral e aferição de pressão e glicose; jogos mesa; e atração musical.

O Dia do Idoso é comemorado em 1º de outubro, data que marca a promulgação do Estatuto do Idoso. A lei, instituída em 2003, é fundamental para chamar a atenção para a importância da proteção a esse público. O Legislativo Estadual é espaço de diversas proposições em favor da pessoa idosa, como o Projeto de Lei que visa instituir o Programa de Prevenção de Acidentes com Idosos.

Assembleia Cidadã

O projeto Assembleia Cidadã leva à população do Rio Grande do Norte ações de cidadania sem fins lucrativos, com atendimentos nas áreas de ação social, educação, cultura e lazer, além de contribuir com as escolas públicas do RN por meio de um diagnóstico exploratório das suas dificuldades sociais, a fim de minimizar problemáticas relativas à cidadania e educação, colaborando assim, para a promoção de uma comunidade escolar mais consciente de seus direitos e deveres.

Programação

Tarde (das 13h às 15:20h)

– Palestra MENTE SÃ e CORPO SAUDÁVEL, ministrado por Flávio Ferreira (Professor Tai Chi Chuan) – até às 13:20h.
– Pintura em tela com Romildo Felix (Pedagógo)
– Pátina em porta retrato com Cleide Marques (Artesã)
– Momento de beleza com Design de Sobrancelha, Esmaltação e Corte de Cabelo (SENAC)
– Saúde: aferição de pressão e glicose com a enfermeira Kércia Michelle e Clínica Geral com a Dra. Almira Araújo
– Cafuné Voluntário (RH ALRN), com Clarice e Nudinete.
– Jogos diversos (dama, dominó e xadrez)
(15:20h) –  Lanche
(15:30h às 16h) – Música com Atila (Assembleia Legislativa)

Leia Mais

Audiência Pública em defesa do emprego será realizada em nova data

Crédito da Foto: Ney Douglas
A audiência pública prevista para o dia 02 de outubro, segunda-feira, para debater a empregabilidade do setor têxtil no Seridó, foi adiada e será realizada em nova data a ser divulgada em conformidade com o calendário do Centro de Estudos e Debates da Assembleia Legislativa. O adiamento é em virtude do feriado do dia 03 de outubro (Dia Estadual à Memória dos Mártires de Uruaçu e Cunhaú).

A medida atende aos apelos de entidades interessadas em participar do debate, como também de representantes de classes, entidades, advogados, estudantes e pessoas do povo que sugeriram a mudança de data do evento. Por propositura do deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) a Casa Legislativa vai realizar audiência pública sobre o tema em busca de um entendimento entre as partes.

Leia Mais

Governo inicia pagamento de setembro dia 29

O Governo do Estado paga neste dia 29, sexta-feira, parcela de R$ 4 mil a 21.800 servidores ativos, inativos e pensionistas que têm vencimentos acima deste valor. O pagamento representa R$ 87 milhões e será liberado após as 12 horas. O complemento dos salários acima de R$ 4 mil será pago no dia 05 de outubro, o que representa mais R$ 66 milhões. Também no dia 29 será pago o salário de setembro aos servidores da Educação e dos órgãos da administração que possuem arrecadação própria (DETRAN, IPERN, IDEMA, JUCERN, DEI). A folha da Secretaria de Educação e destes cinco órgãos contempla 23 mil servidores e soma R$ 53 milhões.

O secretário de Estado do Planejamento Gustavo Nogueira explica que o mês de setembro historicamente é o pior em arrecadação para os Estados e municípios. Ele cita como exemplo a receita do Fundo de Participação do Estado – FPE que este mês deve ficar em R$ 225 milhões. “Em agosto deste ano recebemos do FPE R$ 268 milhões, em julho R$ 236 milhões e em junho R$ 307 milhões. Esta redução no mês citado compromete a nossa capacidade de pagamento, e, mesmo com a receita total do Estado (Fonte: Tesouro) maior em termos reais em 4,5%, se comparado com igual período do ano de 2016, ainda não é suficiente para atingirmos o equilíbrio financeiro”, afirmou.

Gustavo Nogueira também informa que ao comparar o período de janeiro a 26 de setembro de 2017 com o mesmo período de 2014 a receita total do Estado (Fonte: Tesouro) apresenta uma queda real de -2,46%. “Buscamos o equilíbrio financeiro e condições para colocar a folha de pagamento em dia e ampliar a capacidade de investimentos do Estado. Esta é uma determinação do governador Robinson Faria que perseguimos e fazemos todos os esforços para alcançar. Entretanto também dependemos do crescimento econômico do país”, conclui o secretário de Planejamento.

— 

Leia Mais