“Defensoria Pública na Comunidade” leva serviços para Assu neste sábado ( 15)

A população da cidade de Assu irá contar, neste sábado (15), com os serviços do projeto “Defensoria na Comunidade” desenvolvido pela Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/). A programação acontece das 9h às 13h, na Escola Municipal Janduís, e é aberto ao público.

Durante a ação, as pessoas irão contar com assistência jurídica gratuita prestada pelos defensores. Além disso, serão oferecidos serviços como emissão de CPF, vacinação, verificação de pressão arterial, corte de cabelo, distribuição de preservativos sexuais, atendimento odontológico e atendimento do INSS. O evento é uma parceria entre a Defensoria Pública do Estado e a Prefeitura de Assu.

SERVIÇO
O QUE: Defensoria Pública na Comunidade – Assu
QUANDO: sábado, 15 de julho de 2017
HORA: das 9h às 13h
ONDE: Escola Municipal Janduís, Rua Monsenhor Joaquim Honório, Janduís, Assu/RN

Leia Mais

Educação do RN inicia Aulões do Projeto #QueroAprender neste sábado (15)

Cerca de três mil alunos da Rede Estadual de Ensino terão mais um momento de reforço nos estudos para o ENEM. O Projeto #QueroAprender realiza o primeiro de uma série de aulões em todo o Estado para os estudantes tirarem suas dúvidas, aprenderem novos conteúdos e contarem com o apoio de um grupo de professores nessa importante etapa do ensino. O primeiro aulão é destinado para alunos da 1ª Direc (Natal) e acontece amanhã (15), no auditório master do Centro de Convenções de Natal, na Via Costeira.

A equipe responsável pelo aulão escolheu o trabalho como tema do primeiro encontro. O coordenador do Projeto #QueroAprender, professor João Maria de Lima, destaca a importância da temática: “Por se tratar de um assunto bastante atual e que contempla todas as disciplinas, esse tema pode ser trabalhado tanto do ponto de vista humanístico, como do ponto de vista dos conteúdos. No momento em que o país passa por tantas reformas, entre elas a Trabalhista, nada mais pertinente que esse assunto seja discutido no aulão de forma disciplinar, para que os alunos possam refletir sobre essa temática”.

O aulão abordará todas as áreas de conhecimento que são cobradas no ENEM, sendo elas: Ciências da Natureza e suas tecnologias, onde os alunos poderão discutir as matérias de química, física, biologia, energia e preservação ambiental; Ciências Humanas e suas tecnologias, que inclui debates sobre história, sociologia, geografia e filosofia. Outra área que será abordada no aulão será Linguagens e Códigos, que inclui português, literatura, artes, educação física e línguas (inglês e espanhol) e a Matemática fecha esse grupo, possibilitando os estudantes apresentarem suas dúvidas sobre comparações numéricas, sistemas de medidas, álgebra, interpretação de gráficos e tabelas, entre outros.

As inscrições para o aulão foram totalmente informatizadas por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), onde alunos, pais, professores e gestores puderam conhecer a data, horário e local do aulão e submeterem a inscrição. “Todo o processo está acontecendo de forma tranquila. O aluno, ao clicar no banner do aulão, é direcionado para um ambiente criado para inscrição. Esse formulário está disponível no espaço do estudante, bem como no do professor e gestor. Tudo isso pode ser feito de uma forma simples, clara e bem visível para nossos alunos”, explicou Ana Paula Oliveira, coordenadora responsável pelo Grupo de Processamento de Dados da SEEC.

Para a professora Cláudia Santa Rosa, secretária de Educação do RN, o aulão é mais um incentivo para que os estudantes não desistam dos seus objetivos durante a caminhada escolar: “É uma oportunidade valiosa de integrar os estudantes à cultura de valorização dos estudos, de revisarem conteúdos com a ajuda de grandes profissionais e perceberem que é possível ter êxito no Enem e na vida”. Santa Rosa ainda destaca a função social do aulão: “Expressa o compromisso do Governo do Estado, por meio da SEEC, com a formação dos jovens”, encerrou.

A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura está finalizando o cronograma de aulões que serão realizados em todas as 16 diretorias regionais de Educação e Cultura do RN e divulgará as datas dos próximos encontros, em breve, por meio do seu portal e das redes sociais do projeto e da secretaria.

Para a realização deste aulão, a Educação do RN conta com a parceria da Assembleia Legislativa e do grupo educacional Unifacex.

#QueroAprender

Pioneiro na Rede Estadual de Ensino, o Projeto #QueroAprender reúne aulas, conteúdos 24h e ferramentas digitais para auxiliar os estudantes nos estudos complementares a sala de aula e ajuda na preparação para o ENEM.

Para o estudante ter acesso aos conteúdos, basta fazer seu login no SIGEduc, acessar o espaço virtual do estudante e se matricular nas diversas turmas divididas por disciplinas. Nesse ambiente os alunos encontrarão questões e material para estudo 24h. Os conteúdos são de responsabilidade de um time de professores formado por profissionais que atuam nas redes pública e privada de ensino.

Além disso, os alunos podem acompanhar conteúdos exclusivos apresentados no programa Conexão ENEM, exibido pela TV Assembleia e por meio da fanpage do projeto, no Facebook.

Leia Mais

Governo reúne 20 prefeitos do Alto Oeste para orientar sobre saneamento básico

O Governo do Estado deu prosseguimento nesta sexta-feira, 14, à série de reuniões com prefeitos municipais para tratar da regulação do sistema de saneamento básico no Rio Grande do Norte.Desta vez a proposta foi apresentada aos prefeitos dos municípios da região do Alto Oeste. No último dia 3, a reunião aconteceu com prefeitos do Seridó.

O governador Robinson Faria abriu a reunião e destacou que a administração estadual está dialogando com os municípios para orientá-los sobre a implantação do saneamento básico que inclui drenagem urbana, esgotamento sanitário, abastecimento e gestão de resíduos sólidos. “A Lei Federal dispõe sobre a implantação dos sistemas de saneamento, que é de fundamental importância para as cidades e para a saúde pública. O nosso Governo é parceiro dos municípios e vai dar todo apoio técnico através da Caern e da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos”, afirmou Robinson Faria.

O secretário adjunto da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Semarh, Mairton França explica que o Governo do Estado criou um grupo de trabalho para discutir detalhes do termo de referência para contratação de empresa que vai revisar e atualizar o Plano Estadual de Saneamento Básico, instituído através da Lei 8.485, de 2004. “É por meio desse plano que o Estado apoia e orienta os municípios. Mas é importante frisar que a competência para implantar e operacionalizar o saneamento básico é do Poder Público Municipal”, enfatizou França.

A elaboração do Plano Municipal de Saneamento deve garantir a participação social e ser feita em consonância com o plano diretor, o PPA, planos de bacias hidrográficas e legislações sobre o setor. O Plano também deve conter diagnósticos, metas a curto e longo prazo, programas, projetos, ações emergenciais que resultem na melhoria da qualidade da água e dos índices de saúde pública.

A prefeita do município de Olho d’Água dos Borges, Maria HelenaLeite de Queiroga, disse que o apoio do Estado é muito importante por que os municípios enfrentam dificuldades para implantar o saneamento. “No meu município as obras de saneamento foraminiciadas, mas estão paralisadas há quatro anos. Agora, com esse apoio que o Governo nos dá vamos trabalhar para retomar as obras e concluí-las”, afirmou Maria Helena.

Prefeitos e representantes de 20 municípios compareceram à reunião, no auditório da Governadoria em Natal: Venha Ver, Caraúbas, Elói de Souza, Rafael Godeiro, Major Sales, Riacho da Cruz, Umarizal, Coronel João Pessoa, São Francisco do Oeste, Luiz Gomes, Felipe Guerra, João Dias, Taboleiro Grande, Severiano Melo, Janduís, Campo Grande, Lucrécia, Tenente Ananias e o vice-prefeito de José da Penha. O prefeito de Marcelino Vieira enviou representante.

À reunião também compareceram representantes do Governo como os secretários da Semarh, Ivan Junior, do Gabinete Civil, Tatiana Cunha Mendes, das Relações Institucionais, Getúlio Ribeiro, da Comunicação Social, Juliska Azevedo, o diretor-presidente do Igarn, Josivan Moreno, o diretor comercial e financeiro da Caern, Hanna Safieh e a diretora da Agência Reguladora de Serviços Públicos – Arsep, Clélia de Souza. A promotora de Justiça em Natal, Iadia Pinheiro substituiu a coordenadora das promotorias do Meio Ambiente do Ministério Público estadual, Mariana Barbalho. O Tribunal de Contas do Estado foi representado por Suzana Ismael.

Leia Mais