RN ganha ferramenta que facilita acesso a indicadores sociais

thumbnail_Lançamento do CAD RN foto Ivanizio Ramos 2

thumbnail_Lançamento do CAD RN foto Ivanizio Ramos 3

thumbnail_Lançamento do CAD RN foto Ivanizio Ramos 8

A Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social lançou nesta segunda-feira (29) o Sistema de Cadastro Único do Rio Grande do Norte, CadRN. A ferramenta, de acesso das 167 Prefeituras do estado, reúne informações do perfil populacional compiladas em banco de dados social. O lançamento foi realizado na Escola de Governo pelo vice-governador Fábio Dantas e pela titular da Sethas Julianne Faria, que apresentou o Cadastro ao ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, no início deste mês, em Brasília.

O CadRN agrega indicadores sociais como nível de pobreza e alfabetização, população sem acesso à água, dados habitacionais, coleta de lixo, entre outros. Criado sem custos por técnicos do governo do RN, o sistema foi cedido para o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e também para 21 estados brasileiros que irão adotar o sistema como modelo, além do Rio Grande do Norte.

Os números do CadRN são levantados a partir do Cadastro Único do Governo Federal, mesma base utilizada para o Bolsa Famíia, e usada por profissionais de diversas áreas para desenvolvimento de políticas públicas.  O sistema foi desenvolvido levando em consideração uma navegação e operação didáticas, e de fácil manuseio. O site está disponível através do www.cadrn.rn.gov.br.

A idealização do sistema pelo corpo de servidores do governo foi enfatizada pelo vice-governador. “Esse trabalho de acesso aos dados dos municípios é de extrema importância para nós que fazemos parte do governo porque é a partir daí que vamos, em conjunto com as Prefeituras, desenvolver políticas públicas que visam equacionar os problemas e dificuldades específicos de cada região”.

A secretária Julianne Faria declarou que o Sistema surgiu por meio da interpretação das dificuldades verificadas em reunir os dados que balizarão as ações dos gestores. “Com o CadRN queremos e estamos buscando cooperação técnica, juntar nossas experiências. A adesão nos deixou muito orgulhosos porque fomos o primeiro estado a conseguir traduzir em números tudo o que as unidades federativas já debatiam em Brasília, mas que não avançava por diversos motivos. Agora, com um sistema simples e eficaz, ficou mais fácil traçar metas e objetivos para desenvolver com igualdade os municípios”, garantiu.

O evento reuniu  auxiliares da administração direta e indireta do Governo do RN, prefeitos e secretários dos municípios, e representantes da SAGI, Secretaria responsável pela avaliação e monitoramento de políticas, programas, projetos e serviços implementados pelo MDSA.

Fotos: Ivanízio Ramos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *