CMN aprova ressarcimento do desconto de salário dos servidores em greve

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (02), a Câmara Municipal de Natal acatou, por unanimidade, um requerimento de autoria do vereador Sandro Pimentel (PSOL) que solicita ao prefeito Carlos Eduardo Alves o ressarcimento imediato dos valores descontados dos salários dos servidores do Município, em decorrência de haverem realizado greve que buscava a garantia de direitos trabalhistas, como o cumprimento da data-base. A aprovação do texto representa o posicionamento do Legislativo natalense diante do impasse.

Segundo o autor da matéria, ao final do movimento grevista ficou acordado com o sindicato da categoria que a discussão sobre reposição dos dias parados ocorreria em mesa de negociação que ainda não aconteceu. Dessa forma, o desconto no vencimento de fevereiro, feriu o acordo firmado com os funcionários e causou-lhes enormes transtornos socioeconômicos.

“Para resumir, Carlos Eduardo descumpriu um compromisso com o povo de Natal quando não pagou o salário integral dos servidores, que estavam em greve porque a prefeitura não estava pagando em dia. Há uma inversão de prioridades nesta gestão. Exemplo disso foram os gastos exorbitantes que o prefeito fez para o carnaval. Consumiu R$ 450 mil do erário público só com ornamentação, quando deveria ter priorizado o pagamento pontual dos trabalhadores”, afirmou o vereador Sandro Pimentel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *