Ninguém sabe e ninguém viu…

Suspeito de envolvimento no esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato, o ex-ministro do Turismo e ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) afirmou em defesa apresentada à Justiça Federal de Brasília que terceiros depositaram e movimentaram, sem o conhecimento dele, US$ 832.975,98 (correspondente a R$ 2,5 milhões) em uma conta bancária na Suíça.

Alves admite ser o “beneficiário” dessa conta. Segundo o Ministério Público, isso significa que o ex-ministro é o titular da conta. Segundo as investigações da Lava Jato, o dinheiro foi depositado em três datas, entre outubro e dezembro de 2011.

Vamos esperar o desenrolar…

Leia Mais

Delator da Odebrecht diz ter pago R$ 9 milhões em caixa 2 a Aécio e aliados

Informações: Folha de São Paulo
Informações: Folha de São Paulo

O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedito Júnior, o BJ, disse em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quinta-feira (2) que a empreiteira baiana doou R$ 9 milhões em caixa dois para campanhas eleitorais do PSDB.

O pedido de ajuda teria sido feito pelo próprio Aécio Neves, que em 2014 concorria à Presidência da República. Ele teria solicitado doação de recursos para outros candidatos da legenda, já que na época era presidente do PSDB.

A assessoria de imprensa do tucano confirma que ele solicitou apoio para “inúmeros candidatos”, mas que jamais pediu que a ajuda fosse feita por meio de caixa dois.

Questionado sobre o assunto, o advogado de Aécio Neves, Flávio Henrique Pereira, afirma que “em momento algum o depoente afirmou que o senador pediu contribuição por meio de caixa dois, mesmo porque isso nunca ocorreu”.

Leia Mais

CMN aprova ressarcimento do desconto de salário dos servidores em greve

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (02), a Câmara Municipal de Natal acatou, por unanimidade, um requerimento de autoria do vereador Sandro Pimentel (PSOL) que solicita ao prefeito Carlos Eduardo Alves o ressarcimento imediato dos valores descontados dos salários dos servidores do Município, em decorrência de haverem realizado greve que buscava a garantia de direitos trabalhistas, como o cumprimento da data-base. A aprovação do texto representa o posicionamento do Legislativo natalense diante do impasse.

Segundo o autor da matéria, ao final do movimento grevista ficou acordado com o sindicato da categoria que a discussão sobre reposição dos dias parados ocorreria em mesa de negociação que ainda não aconteceu. Dessa forma, o desconto no vencimento de fevereiro, feriu o acordo firmado com os funcionários e causou-lhes enormes transtornos socioeconômicos.

“Para resumir, Carlos Eduardo descumpriu um compromisso com o povo de Natal quando não pagou o salário integral dos servidores, que estavam em greve porque a prefeitura não estava pagando em dia. Há uma inversão de prioridades nesta gestão. Exemplo disso foram os gastos exorbitantes que o prefeito fez para o carnaval. Consumiu R$ 450 mil do erário público só com ornamentação, quando deveria ter priorizado o pagamento pontual dos trabalhadores”, afirmou o vereador Sandro Pimentel.

Leia Mais

Balanço do Morro é a escola campeã do Carnaval Multicultural de Natal

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

A Escola de Samba Balanço do Morro consagrou-se campeã do grupo especial de Natal no Carnaval Multicultural deste ano. A apuração ocorreu na tarde desta quinta-feira (02), no auditório do Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, na Praça Augusto Severo, Ribeira, sob a responsabilidade do secretário Municipal de Cultura, Dácio Galvão. O desfile das campeãs será no próximo sábado, dia 4, na avenida Duque de Caxias, a partir das 19h.

A contagem de pontos é feita a partir dos votos de 12 jurados que observaram durante os desfiles os seguintes itens: Duração, Bateria, Harmonia, Samba Enredo, Enredo, Evolução, Fantasia, Conjunto, Mestre-sala e porta-bandeira, Alegoria, Adereços e Comissão de Frente. “O esforço foi compensado, pelas escolas e pelas tribos de índios. Nós tivemos uma comissão extremamente qualificada e um julgamento rigoroso, severo, mas trouxe o que houve de melhor, para os respectivos lugares”, avaliou ao final da apuração, o secretário municipal de Cultura, Dácio Galvão.

A apuração dos desfiles das Escolas de Samba, grupos A e B, e das Tribos de Índio, foi realizada nesta tarde com o acompanhamento de seus representantes. A vencedora do grupo A, Balanço do Morro, obteve 114,8 pontos, com quatro notas 10 (Duração, Conjunto, Mestre sala e porta bandeira e Comissão de frente) e levou para a avenida na última segunda-feira, uma homenagem ao folclorista Deífilo Gurgel, o que, segundo avaliação do secretário Dácio Galvão, possibilitou uma identificação do público com este personagem. Ainda no grupo especial das Escolas de Samba de Natal, o segundo lugar de acordo com a pontuação obtida, foi a Malandros do Samba, com 112 pontos; e o terceiro lugar ficou com a Acadêmicos do Morro, com 108,3 pontos.

No grupo B das Escolas de Samba, a vencedora foi a Águia Dourada, com 109,7 pontos. Ela participará no próximo ano do desfile do grupo especial. A segunda colocação do grupo B ficou com a Grande Rio do Norte, com 104,5 pontos e o terceiro lugar ficou com a Império do Vale que fez 98,6 pontos, segundo avaliação da comissão julgadora.

Leia Mais