STF nega pedido de liberdade de Eduardo Cunha

Informações: Folha de São Paulo
Informações: Folha de São Paulo

O STF (Supremo Tribunal Federal) negou nesta quarta (15) um pedido de liberdade feito pelo ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso no Paraná pela Operação Lava Jato.

O pedido, em forma de “reclamação” ao Supremo, foi analisado por todos os nove ministros da Corte presentes no julgamento.

Em seu voto, o relator Edson Fachin afirmou que a maneira como a ação foi apresentada não era adequada para julgar pedido de liberdade.

Sete ministros concordaram com Fachin. Eles também destacaram que há um pedido de habeas corpus de Cunha, cujo mérito ainda deve ser analisado pelo STJ (Superior Tribunal Federal). Depois, o habeas corpus pode ainda ser analisado pelo próprio STF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *