Empresário que apresentou Trump a Melania quer aproximá-lo do Brasil

Informações: Folha de São Paulo
Informações: Folha de São Paulo

Ele apresentou a modelo eslovena Melania Knauss ao então bilionário do setor imobiliário Donald Trump, 19 anos atrás. E agora promete ser um embaixador de Assuntos Brasileiros junto à primeira-família dos EUA.

“Quero ser conhecido como o amigo brasileiro do presidente e da primeira-dama”, diz o italiano Paolo Zampolli, 46, casado com a ex-modelo brasileira Amanda Ungaro, 31, e pai de Giovanni, 7, que tem passaporte brasileiro.

Zampolli era dono da agência de modelos Metropolitan quando contratou Melania em Milão e a levou para os EUA. Já em Nova York, em 1998, o italiano organizou uma de suas famosas festas cheias de modelos.
Convidou Trump, outro habitué de noitadas com belas mulheres, para se sentar à sua mesa. Melania, amiga da namorada de Paolo na época, estava lá. “Melania, esse é o Donald; Donald, essa é a Melania”, disse.

Deixou os dois na mesa e foi cuidar dos seus “300 convidados”. Duas semanas depois, Trump foi com Melania a um jantar em homenagem ao estilista Roberto Cavalli, na casa de Zampolli.

“Melania é deslumbrante, faz o tipo de qualquer homem. Mas eu fiquei surpreso quando os vi juntos tão rapidamente”, diz Paolo, que se arrisca no português.

Segundo ele, Melania sempre foi muito reservada –foi a Nova York trabalhar, só ia a baladas quando era obrigada, como as festas da agência. “Ela era madura, tinha 24 anos, não era como aquelas modelos de 14 anos do meio do Brasil”, lembra Zampolli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *