Prenda-me se for capaz com Eike Batista…

O advogado de Eike Batista, Fernando Martins, disse ao G1, na noite deste sábado (28), que não há nenhum acordo celebrado entre a Polícia Federal e seu cliente, para que o empresário se entregue. Fernando não quis confirmar a data em que Eike voltaria ao Brasil.

Martins também afirmou que Eike jamais submeteu sua apresentação à Justiça a qualquer tipo de condição, o que, segundo o advogado, seria “juridicamente incabível”. O defensor alegou que a conduta de seu cliente sempre foi pautada pela colaboração com a Justiça.

Em nota, a defesa do empresário disse que, em nenhum momento, Eike realizou manobra para se eximir de suas obrigações com a Justiça e que, desde o momento em que lhe foi comunicada a decretação de sua prisão preventiva, fez todos os esforços para retornar ao país no mais breve tempo possível.

Informações: G1

Leia Mais

Empresário que apresentou Trump a Melania quer aproximá-lo do Brasil

Informações: Folha de São Paulo
Informações: Folha de São Paulo

Ele apresentou a modelo eslovena Melania Knauss ao então bilionário do setor imobiliário Donald Trump, 19 anos atrás. E agora promete ser um embaixador de Assuntos Brasileiros junto à primeira-família dos EUA.

“Quero ser conhecido como o amigo brasileiro do presidente e da primeira-dama”, diz o italiano Paolo Zampolli, 46, casado com a ex-modelo brasileira Amanda Ungaro, 31, e pai de Giovanni, 7, que tem passaporte brasileiro.

Zampolli era dono da agência de modelos Metropolitan quando contratou Melania em Milão e a levou para os EUA. Já em Nova York, em 1998, o italiano organizou uma de suas famosas festas cheias de modelos.
Convidou Trump, outro habitué de noitadas com belas mulheres, para se sentar à sua mesa. Melania, amiga da namorada de Paolo na época, estava lá. “Melania, esse é o Donald; Donald, essa é a Melania”, disse.

Deixou os dois na mesa e foi cuidar dos seus “300 convidados”. Duas semanas depois, Trump foi com Melania a um jantar em homenagem ao estilista Roberto Cavalli, na casa de Zampolli.

“Melania é deslumbrante, faz o tipo de qualquer homem. Mas eu fiquei surpreso quando os vi juntos tão rapidamente”, diz Paolo, que se arrisca no português.

Segundo ele, Melania sempre foi muito reservada –foi a Nova York trabalhar, só ia a baladas quando era obrigada, como as festas da agência. “Ela era madura, tinha 24 anos, não era como aquelas modelos de 14 anos do meio do Brasil”, lembra Zampolli.

Leia Mais

Justiça suspende ordem de Trump para deportar imigrantes e refugiados

Informações: Folha de São Paulo
Informações: Folha de São Paulo

A Justiça Federal dos EUA aceitou na noite deste sábado (28) um pedido da União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, da sigla em inglês) para suspender as deportações de refugiados e cidadãos de sete países de maioria muçulmana (Irã, Iraque, Líbia, Sudão, Somália e Síria) barrados nos aeroportos americanos após decreto assinado pelo presidente Donald Trump.

A ação foi interposta depois que dois iraquianos foram detidos na noite de sexta-feira (27) no aeroporto John F. Kennedy, em Nova York. O grupo estima que entre 100 e 200 pessoas foram afetadas até o momento pelo decreto.

Nomeada pelo ex-presidente Barack Obama, a juíza Ann M. Donnelly, da Corte Federal do Brooklyn, afirmou em sua sentença que a implementação da ordem de Trump e o envio dos viajantes de volta para seus países pode causar a eles “danos irreparáveis”. A magistrada cobrou ainda que o governo uma lista com os nomes de todas as pessoas retidas nos aeroportos do país nos últimos dois dias.

Assinada na sexta-feira, a medida suspende a entrada de refugiados em território americano por pelo menos 120 dias e impõe estritos novos controles durante três meses contra viajantes procedentes de Irã, Iraque, Líbia, Somália, Síria e Iêmen.

Leia Mais

Rogério Marinho se reúne com prefeito de Parnamirim e firma parceria administrativa

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O prefeito de Parnamirim, Rosando Taveira (PRB), recebeu em seu gabinete o deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB, e uma comitiva de integrantes da legenda, formada pelos vereadores do partido na cidade, Betinho da Mala e Fativan Alves, além do secretário estadual tucano e ex-vereador de Parnamirim, Gildásio Figueiredo. Na oportunidade, o parlamentar colocou o seu mandato à disposição da Prefeitura com a qual firmou uma parceria administrativa.

“Estamos aqui para abrir as portas do nosso gabinete. A população de Parnamirim sempre reconheceu nosso trabalho e, até por isso, sempre que pudemos ajudamos o município. Então, contem com nossa parceria e nosso apoio em Brasília para qualquer pleito que seja a favor da cidade e dos parnamirinenses”, disse Rogério Marinho diretamente ao prefeito Taveira.

O chefe do executivo aproveitou não apenas para agradecer a parceria como também pelas recentes emendas destinadas pelo deputado para a cidade. Nos últimos dias de 2016 foi depositado na conta da Prefeitura de Parnamirim o valor de R$ 1,5 milhão, liberados pelo Ministério da Saúde a partir da atuação de Rogério Marinho em Brasília.

Leia Mais