Morre aos 60 anos a atriz Carrie Fisher, a princesa Leia de ‘Star Wars’

Informações: Folha de São Paulo
Informações: Folha de São Paulo

“A última coisa que eu queria era entrar para a indústria do entretenimento, uma ocupação instável que distribuía doses homeopáticas de desconforto e humilhação como lanches mornos em exibições de filmes”, lembra Carrie Fisher no livro “Memórias da Princesa” (ed. Bestseller).

Por uma ironia de proporções galáticas, contudo, a atriz que morreu na terça (27), aos 60 anos, acabou alçada ao posto de maior musa da história do universo nerd como a princesa Leia na saga “Star Wars”, de George Lucas. A informação da morte foi confirmada pelo porta-voz da família, Simon Halls.

Fisher teve um ataque cardíaco durante um voo entre Londres e Los Angeles e foi internada em estado grave assim que o avião pousou, no último dia 23, mas não resistiu e morreu.

“É com profunda tristeza que Billie Lourd confirma que sua amada mãe Carrie Fisher morreu às 8h55 desta manhã”, disse Simon Halls à revista “People”. “Ela era amada pelo mundo e fará profunda falta. Toda nossa família agradece pelos pensamentos e preces.”

A atriz baixinha (tinha 1,55m de altura) de olhos castanhos, voz suave e tiradas sarcásticas soma 90 produções em sua filmografia, mas nenhuma que chegasse aos pés do impacto cultural que “Star Wars” exerceria, inclusive na vida pessoal de Carrie.

“Eu gostei de ser a princesa Leia. Ou do fato de a princesa Leia ser eu”, escreve no seu livro de memórias. “Ao longo do tempo, passei a imaginar que nós duas viramos uma só.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *