Obama diz ‘torcer’ pelo sucesso de Donald Trump em liderar os EUA

Em seu primeiro pronunciamento depois da vitória de Donald Trump na eleição presidencial dos Estados Unidos, o presidente Barack Obama disse nesta quarta (9) que está torcendo pelo sucesso dele em unir o país, após uma das campanhas mais polarizadas da história do país.

Obama contou ter falado por telefone com Trump de madrugada, pouco depois da confirmação da vitória do bilionário na corrida presidencial, e o convidou para ir à Casa Branca nesta quinta (10) para falar da transição.

“Estamos todos torcendo pelo seu sucesso em unir e liderar o país. A transição pacífica de poder é uma das marcas de nossa democracia. E pelos próximos meses, nós vamos mostrar isso ao mundo”, disse Obama no jardim da Casa Branca, tendo ao lado o vice-presidente, Joe Biden.

Pablo Martinez Monsivais/AP Photo
President Barack Obama speaks about the election, Wednesday, Nov. 9, 2016, in the Rose Garden of the White House in Washington. (AP Photo/Pablo Martinez Monsivais) ORG XMIT: DCPM104
Barack Obama se pronuncia sobre a vitória de Donald Trump

O presidente disse que se sentiu “encorajado” ao ouvir o discurso da vitória de Trump, em que o republicano pregou união, e que espera que ele mantenha “esse espírito” durante a transição e em seu governo.

Leia Mais

Últimas: Trump atropela previsões e é eleito o 45º presidente dos Estados Unidos

Donald Trump, 70, se elegeu nesta quarta (9) o 45º presidente dos Estados Unidos, após derrotar a ex-secretária de Estado Hillary Clinton e derrubar a maioria das pesquisas que, até a linha de chegada, o pintavam como uma zebra.

O empresário será o primeiro presidente dos EUA sem uma carreira política e o mais velho já eleito.

A confirmação da vitória veio com as projeções de vitória do republicano nos Estados da Pensilvânia e de Wisconsin, por volta das 5h30 (horário de Brasília). Às 11h15, Trump tinha 279 votos no Colégio Eleitoral, segundo projeção da Associated Press, contra 218 de Hillary. A votação nos EUA é indireta; entenda aqui como funciona.

A projeção da Associated Press apontava às 11h15 os dois candidatos quase empatados no voto popular, com a democrata registrando 47,6% e o republicano, 47,5%. O candidato derrotado no Colégio Eleitoral pode acabar vencendo no voto popular.

A virada de Trump começou com a apuração dos votos em alguns dos Estados-chave da costa leste do país, que apareciam como mais disputados nas pesquisas, ainda que com alguma vantagem para Hillary.

A surpresa começou com Trump à frente na Flórida e na Carolina do Norte, dois dos Estados em que os candidatos fizeram campanha mais intensamente nas últimas semanas.

Informações: Folha de São Paulo

Leia Mais

Governo conclui pagamento de 90% da folha na sexta

O Governo conclui na próxima sexta-feira (11) o pagamento de 90% da folha, quando serão depositados os salários dos 41.231 servidores que recebem entre R$ 2001 e R$ 5 mil. No mesmo dia também será paga uma parcela de R$ 5 mil aos 11.283 servidores restantes que ganham acima de R$ 5 mil. A segunda parcela deste grupo, independente do valor do complemento de cada salário, será quitada dia 26 de novembro (sábado).

É importante destacar que os 35.036 servidores que ganham até R$ 2 mil, além dos 24.085 servidores da Educação e dos órgãos da Administração Indireta que possuem recursos próprios receberam os salários a partir de 28 de outubro.

Assim como ocorreu no mês passado, a folha vem sendo paga sem distinção entre ativos, aposentados e pensionistas.

Leia Mais

Governador destaca importância da Lei de Repatriação de Capitais em reunião no STF

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Em reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmén Lúcia, o governador Robinson Faria, em conjunto com representantes de 23 estados, além do Distrito Federal, ressaltou a importância da Lei de Repatriação de Capitais, que tem arrecadação prevista de R$ 45,8 bilhões oriundos do programa de regularização de ativos no exterior. A audiência ocorreu em Brasília, nesta terça-feira (8).

O chefes do Executivo estadual solicitam que o valor arrecadado com a repatriação seja destinado ao Fundo de Participação dos Estados, o FPE. A principal argumentação é que, pela forma como está proposta na Lei, a repatriação imponha dificuldades aos cofres estaduais ao concentrar a soma nos cofres federais, fato que caracterizaria uma inconstitucionalidade.

Para o governador, a reunião foi avaliada de forma positiva. “A presidente do STF, Carmén Lúcia, demonstrou boa vontade com a nossa causa e entende a dificuldade financeira pelas quais passamos em função das constantes quedas de repasse e frustração de receita. Na reunião, deixei explícito que esse recurso é importante para o Rio Grande do Norte neste momento”, encerrou Robinson Faria.

Leia Mais