Oportunidades perdidas podem fazer Brasil se afastar de emergentes

Informações: Folha de São Paulo
Informações: Folha de São Paulo

O avanço da renda brasileira nas últimas décadas é considerado tímido. Segundo dados do Banco Mundial, o rendimento per capita do país mais do que dobrou, passando de US$ 4.660, em 1970, para US$ 11.200, em 2015.

No mesmo período, a renda coreana avançou 12 vezes, de US$ 1.960 para US$ 25 mil.

A Coreia do Sul é considerada um país que aproveitou a expansão de sua força de trabalho para aumentar seu potencial de crescimento. Embora o bônus demográfico não seja o único fator capaz de impulsionar a economia, sua contribuição é fundamental.

“O bônus aumenta o contingente de pessoas disponível para o mercado de trabalho. Mas, se elas não forem bem treinadas, sua contribuição para uma maior produtividade será baixa”, diz o economista Fernando de Holanda Barbosa Filho, da FGV.

Embora tenha ampliado o acesso de crianças e adolescentes à escola, o Brasil tem falhado em melhorar a qualidade de sua educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *