Carlos Augusto pede celeridade em investigação de assassinato de professor

TESTE

Crédito da Foto: Eduardo Maia

O deputado estadual Carlos Augusto Maia (PSD) usou o horário destinado aos oradores na sessão plenária desta terça-feira (6) para cobrar celeridade nas investigações do assassinato do professor aposentado Raimundo Geilson Carlos de Araújo, no município de Antônio Martins. O parlamentar apresentou moção de pesar pela morte do educador, que ao longo dos últimos 15 anos, deu aulas para crianças do ensino fundamental no Sítio Trincheira, comunidade rural de Almino Afonso, município vizinho a Antônio Martins.

“Geilson era um professor dedicado em sala de aula. Esse crime bárbaro chocou o Alto Oeste e deixou muita tristeza na região. Geilson foi um lutador. Sempre atuante, estudou na UFRN, ajudou a criar diretórios acadêmicos e na regularização latifundiária das trincheiras. Uma pessoa muito querida”, lamentou.

Raimundo Geilson foi assassinado com 10 facadas. No dia 31 de agosto, um adolescente de 15 anos foi apreendido e confessou o crime. Ele foi autuado por ato infracional análogo ao crime de latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo informações da polícia, com o adolescente foram encontradas roupas e a motocicleta do professor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *