Bancários iniciam greve nacional por tempo indeterminado nesta terça

Os bancários de instituições públicas e privadas iniciam greve nacional nesta terça-feira (6). A categoria reivindica reajuste salarial de 5% além de reposição da inflação no período (9,57%).

Os bancos oferecem reajuste de 6,5% sobre o salário e benefícios –como vale-alimentação e auxílio-creche–, além de um abono no valor de R$ 3.000.

De acordo com a Contraf (confederação que representa trabalhadores do ramo financeiro), a paralisação foi aprovada em assembleias de cerca de 140 sindicatos e federações pelo país realizadas na semana passada.

A última greve nacional dos bancários aconteceu em outubro de 2015 e durou 21 dias. A categoria conseguiu um reajuste de 10%, com aumento real de 0,11%.

Enquanto trabalhadores e bancos seguem na campanha salarial, as contas continuam vencendo.

O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) afirma que, como a greve não é de responsabilidade do fornecedor nem do consumidor, não podem ser impostas penalidades, como multa e juros, no caso do atraso do pagamento.

Fonte: FSP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *