Carmen Lúcia diz que só conversará com o Congresso se for convidada

Carmen Lúcia cumprimenta Michel Temer na cerimônia de posse como presidente do STF
Informações: Folha de São Paulo

Em café com jornalistas nesta sexta-feira, a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, se esquivou de temas espinhosos, disse que só conversará com o Congresso quando convidada e adiantou que a corte deverá votar até o fim do ano a ação que discute e legalidade do aborto para grávidas infectadas com Zika.

A Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep) entrou com um pedido de liminar (decisão imediata e provisória) para que o Supremo autorize a interrupção da gestação em mulheres que contraíram Zika.

Na avaliação da ministra, esse processo é “mais delicado” do que o julgado em 2012, quando a corte permitiu aborto para casos de fetos anencéfalos.

“É outra coisa, completamente diferente. Eu acho que é mais delicado por causa do momento que estamos vivendo, a sociedade quer participar. Acho que dá (para julgar) até o fim do ano a (liminar)”, estimou.

Leia Mais

‘Vou pedir asilo em Garanhuns’, ironiza Lula

Lula e o candidato a prefeito do Recife, João Paulo, participam de carreata nesta quinta-feira (22)
Informações; Folha de São Paulo

O ex-presidente Lula fez críticas às investigações da Operação Lava Jato em sua passagem pelo Nordeste nesta sexta-feira (23). “O único ‘país’ do mundo para o qual eu pediria asilo seria Garanhuns”, disse o petista em referência à cidade em que nasceu, em Pernambuco, a 230 km de Recife.

Lula havia sido questionado, em entrevista à Rádio Jornal, de Pernambuco, se sairia do país caso tivesse a prisão decretada. O ex-presidente se tornou réu na Lava Jato nesta semana sob acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Lula afirmou que defende o Ministério Público, mas que “toda instituição tem gente boa e gente ruim”. “Ninguém pode ser julgado com base em convicção”, disse. “Quando membros de instituições, como Ministério Público, Polícia Federal, Receita Federal, começam a exagerar, a democracia está em risco.”

“Quando a Polícia Federal foi lá em casa, foram levantar meu colchão como seu eu fosse um bandido”, disse Lula. O ex-presidente foi alvo de condução coercitiva em março deste ano. Ele foi levado para o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, onde prestou depoimento à PF.

Leia Mais

Atletas Paralímpicos são homenageados na Câmara de Natal

Foto; Assessoria
Foto; Assessoria

Por proposição da vereadora Eleika Bezerra (PSL) a Câmara Municipal de Natal homenageou, na tarde de hoje (23), os atletas e a comissão esportiva Paralímpica do Rio Grande do Norte. Na ocasião, foram entregues diplomas de reconhecimento pelo esforço e destaque nos jogos paraolímpicos Rio 2016. “O que o Brasil viveu nesses jogos reflete essa nossa homenagem: orgulho. Tivemos um recorde no quadro de medalhas e isso mostra como esses atletas conseguem se superar cada vez mais, um exemplo para todos nós ” destacou a parlamentar.

Joana Neves, atleta da natação que conquistou 3 medalhas, expressou sua gratidão com a homenagem. “A Câmara está de parabéns por nos proporcionar esse momento. Foi uma linda homenagem”. A atleta também enfatizou a importância do incentivo ao esporte. ” Natal é um celeiro de atletas mas deveria existir mais atenção conosco” conclui Joaninha.

Tércio Tinôco, presidente da Sociedade Amigos do Deficiente Físico (SADEF-RN) agradeceu, em nome de todos os paratletas do estado. “Essa homenagem ficará na história, só tenho a agradecer a professora Eleika por sempre nos apoiar”, disse.

Os atletas homenageados foram na solenidade de hoje foram: Thalita Vitória Simplício da Silva (Atletismo), Felipe Veloso (Atleta-guia de Thalita), Halyson Oliveira Boto (Judô), Abner Nascimento (Judô), Arthur Cavalcante 0(Judô), Rildene Fonseca Firmino (Natação), Joana Maria Neves (Natação), Clodoaldo Francisco da Silva (Natação), Edênia Nogueira Garcia (Natação), Adriano Gomes de Lima (Natação), Terezinha Mulato dos Santos (Halterofilismo), Ana Raquel Lins (Triatlon), Edjunior José do Bomfim (Basquete em cadeira de rodas), Romário Diego Marques (Goalball) e, ainda, o técnico da Seleção Paralímpica de Halterofilismo e treinador da atleta potiguar Terezinha Mulato dos Santos, Carlos Williams Rodrigues da Silva, e o coordenador médico do Comitê Paralímpico Brasileiro, Dr. Roberto Vital.

Leia Mais