“Vai aprender a ser governador só depois de está sentado na cadeira?”, diz Kelps Lima

IMG-20150407-WA0018

Não poupando críticas, Kelps Lima não aprova a falta de informações sobre os saques que vem sendo realizados no Fundo Previdenciário do Estado: “Eu não concordo que isso não seja explicado de forma clara. O secretário não disse quando e como esse dinheiro seria reposto”. O deputado ainda crítica diretamente o governador.

Márlio Forte – O que o senhor achou do pronunciamento do secretário de Planejamento?

Kelps Lima – O secretário cumpriu o papel dele em tentar tranquilizar a população. Nós cumprimos nosso papel de alertar a população que uma crise muito forte. Infelizmente as medidas estruturantes que o governo prometeu não foram feitas. O tempo é o senhor de todas as coisas. Espero que o secretário esteja certo e eu esteja errado. Em dezembro teremos uma posição mais precisa, pois o Governo vai ter que mostrar como vai repor o dinheiro.

MF – O senhor não concorda com a retirada de milhões do fundo?

KL – O que eu não concordo que isso não seja explicado de forma clara. O secretário não disse quando e como esse dinheiro seria reposto.

MF – Alguém ligado ao Governo não diz como será feita essa reposição?

KL – Ninguém diz nada. O governador está desfazendo o acordo que tinha feito com os deputados, que era de usar em último caso o dinheiro o fundo.

MF – O secretário disse que estamos em uma crise financeira grande, por isso estão sendo feitas as retiradas…

KL – Ele diz que está em uma crise grande, mas não mostra como sairemos dela. Quem topa ser governador sabe que não é espectador, ele é executor. Não adianta vir e dizer que está em crise, é necessário dizer o que vai ser feito para sair dela. Quais foram as mudanças apresentadas pelo Governo? O Governador não tem um plano não? Não estava preparado? Vai aprender a ser governador só depois de está sentado na cadeira? Um homem experiente, oito anos na Assembleia? Não era isso que as pessoas esperavam… O tempo é a razão. Espero que o secretário esteja certo e que em dezembro os salários estejam em dia. Que os saquem terminem e a reposição do dinheiro comecem. É isso que nós esperamos. Vamos esperar para ver como o Estado irá se comportar. Espero que eu esteja errado e ele certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *