Plano Municipal de Educação é tema em Audiência

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Em elaboração, o Plano Municipal de Educação de Natal foi amplamente debatido na manhã de hoje (8) em audiência pública, proposta pela Comissão de Educação, Cultura e Desporto na Câmara Municipal. Com o tema “Plano Municipal de Educação: é possível uma construção participativa?” a audiência teve o objetivo de contribuir com o trabalho do Fórum Municipal de Educação (FME) no processo de elaboração do Plano, de modo a fortalecer o espaço de interlocução entre a sociedade civil e o poder público.

De acordo com a coordenadora do Fórum, Cristina Leandro, a ideia é que a sociedade possa conhecer e saber que estratégias estão sendo traçadas para se alcançar os objetivos do Plano para os próximos anos. “O Fórum está trabalhando desde março com a elaboração do plano para ser concluído até o mês de junho. É importante que a sociedade, órgãos, entidades e instituições participem e discutam as melhorias que queremos para a educação da nossa cidade”, disse.

O encontro contou com a participação de diversas entidades que integram o Fórum, profissionais e entidades ligadas à educação e vereadores. A secretária adjunta de gestão pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (SME), Judineide Domingos, disse que a secretaria está auxiliando o Fórum com uma equipe técnica e finalizando um diagnóstico para que sejam apresentadas as alternativas para entraves como falta de investimentos para recursos humanos e infraestrutura, universalização da Educação Infantil que deve ter no ensino todas as crianças em idade pré-escolar até, entre outros. “Com o diagnóstico será possível organizar melhor as estratégias definindo todas as políticas que devem ser executadas nos próximos dez anos”, explica.

A professora e vereadora Eleika Bezerra (PSDC), presidente da Comissão de Educação Cultura e Desporto da Câmara Municipal, destacou a importância do planejamento para a educação da próxima década. “O tempo é curto para concluir o plano, mas aqui estamos dando a nossa contribuição. O importante é se planejar para saber como vai alcançar as metas propostas no plano nacional e é o que estamos fazendo, partindo do diagnóstico. Estado e Município precisam dialogar juntos e definir as suas competências”. Após concluído, o Plano Municipal de Educação será encaminhado para aprovação na Câmara Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *