Márcia Maia: “O PSB está passando por um processo de reestruturação”

IMG-20150410-WA0042

Em entrevista ao blog, Márcia Maia fala sobre a real situação do PSB no RN. “O PSB está passando por um processo de reestruturação da legenda, estamos inclusive planejando todas as ações que serão feitas”, declarou a deputada. Márcia já pensa junto com o partido nas próximas eleições: “Temos mais de 200 vereadores aqui no RN, temos dois deputados estaduais, temos condições de contribuir para o crescimento do partido nas próximas eleições”.

Márlio Forte – O que está acontecendo com o PSB estadual?

Márcia Maia – Absolutamente nada. O PSB está passando por um processo de reestruturação da legenda, estamos inclusive planejando todas as ações que serão feitas. A presidenta do partido, professora Wilma, esteve participando de reuniões em Brasília e ela está marcando a reunião com a executiva para atualizar as informações. As reuniões que ela participou tratou de diversos assuntos, como a Reforma Política. Agora estamos aguardando essas reuniões, inclusive com os diretórios municipais, começando por Natal, para termos um apoio encadeado mas durante esse processo de fortalecimentos temos que ir discutindo. Temos mais de 200 vereadores aqui no RN, temos dois deputados estaduais, temos condições de contribuir para o crescimento do partido nas próximas eleições.

MF –  Dizem que existe uma guerra dentro do próprio partido. Isso é verdade?

MM – Por parte da presidente do partido não. Foi realizada uma entrevista enfatizando o momento de união, houve uma matéria publicada em um jornal local onde a vereadora Sandra escreveu que existe nomes importantes no partido. Claro, todos são importantes. O momento é de fortalecer o partido.

MF – Não está na hora da presidenta (Wilma) entregar o cargo ?

MM – Quem decide isso é o diretório, que é soberano. Não é nem a executiva, mas o diretório. De acordo com o que diz o regulamento, em outubro haverá eleições e, aí sim, o partido pode discutir outros nomes e a troca da presidenta. A presidenta [Wilma] é a maior liderança estadual do partido no RN.

MF – As assembleias marcadas pelo partido estão reunindo poucas pessoas. Qual o motivo?

MM – As reuniões têm a preocupação de reestruturar e fortalecer o partido. Na última reunião, quase todas as pessoas convidadas apareceram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *