José Dias defende projeto que dá imunidade fiscal às igrejas

ac98bc91-c9bd-4e00-8d0f-5ef67f782257
Foto; Assessoria

Em pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (7), o deputado José Dias (PSD) defendeu a tramitação regimental do Projeto de Lei, de sua autoria, que dispõe sobre a aplicação de imunidade fiscal aos templos religiosos do Estado. Para o parlamentar, a tramitação do projeto nas comissões é legalmente dispensável. Ainda assim, o deputado acredita que o trâmite regimental pode trazer contribuições à matéria.

“A matéria merece tramitação nas comissões de Constituição, Justiça e Redação e de Finanças e Fiscalização para que a Casa possa fazer as suas contribuições e modificações, caso necessárias”, disse José Dias.

De acordo com José Dias, a imunidade fiscal às igrejas é um direito assegurado pela Constituição Federal, que veda a cobrança de impostos e taxas aos templos de qualquer culto. “Trata-se de um direito absoluto e constitucional que não pode ser negado pelo Rio Grande do Norte”, declarou o deputado.

Em aparte, o deputado Jacó Jácome (PMN) declarou apoio ao Projeto de Lei e manifestou seu desejo de colaborar com a matéria. Para ele, as igrejas estão sendo taxadas indevidamente. “É uma injustiça não reconhecer uma imunidade que a Constituição garante”, afirmou Jacó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *