Grandes nomes do jornalismo potiguar falam sobre a homenagem realizada pela Assembleia

O blog esteve hoje pela manhã acompanhando os grandes homenageados do dia: os jornalistas. Invertendo os papéis, quem produz virou notícia. Confira a opinião dos profissionais da imprensa sobre a homenagem realizada pela Assembleia. Anna Ruth, Alex Medeiros, Dinarte Assunção, Daniel Cabral e outros grandes nomes deixaram suas impressões do evento em nosso blog. 

Márlio Forte – O que representa para você ser homenageado pela Assembleia Legislativa no dia do jornalista?

IMG-20150407-WA0029

Canindé Soares – Não deixa de ser uma valorização do nosso trabalho e uma motivação para trabalhar cada vez mais. Qual o ser humano que não deseja ser reconhecido pelo seu trabalho? Fico feliz e agradecido por isso. O presidente [Ezequiel Ferreira] é um amigo de longa data, mas com certeza não somente o trabalho, eu acho que tão quanto importante que o trabalho é a amizade que fazemos. Vejo a alegria dos amigos ao ser homenageado.

IMG-20150407-WA0032

Dinarte Assunção – É uma honra o reconhecimento do trabalho. Uma homenagem que não é personificada, mas para toda uma categoria, tanto é que englobaram pessoas de várias gerações. Eu vejo com gratidão o reconhecimento da classe.

MF – Todo mundo sabe que você é crítico e polêmico em relação à política potiguar. Como o senhor define o momento político de hoje?

DA – Se o momento fosse visto como uma fotografia não poderíamos enxerga-la de um só ângulo. O momento de hoje é reflexo de muita coisa que deixou de ser feita lá atrás e hoje tenta ser feita de forma paliativa. Hoje quando você coloca que escrevo de forma crítica, eu tento fazer essa reflexão, pois o jornalismo não é algo factual. Uma das razões de vivermos em sucessivas crises, inclusive na política, é que o que era para ter sido feito lá atrás não foi, e o que pode ser feito para modificar esse quadro continua sem ser feito.

IMG-20150407-WA0034

Alex Medeiros – É uma honra ser homenageado ao lado de companheiros que trabalham com o jornalismo diariamente. Depois de escrever uma coluna diária durante 26 anos, eu sinto que o trabalho está sendo reconhecido. Essa ação da AL reconhece o grupo de jornalistas que trabalham pelo jornalismo. É uma data importante para todos nós. Fico honrado em fazer parte desse grupo.

IMG-20150407-WA0037

Carlos Magno – Pessoalmente é uma honra, mas interpreto que ela seja para toda uma categoria. Faço questão em dividir com os meus colegas, principalmente do Novo Jornal. Hoje em dia a profissão do jornalista está passando por uma mudança muito grande. Os jornalistas de hoje são muito diferentes dos de antigamente. Atribuições e responsabilidade são muitas, quase um sacerdócio. Atualmente trabalhar com jornalismo é um sacerdócio. Uma loucura. Esse é meu pensamento e da maioria dos meus colegas. Agradeço a indicação do meu nome, divido com meus colegas e acho que nossa profissão está passando por uma mudança muito grande, pois os veículos não tem mais domínio sobre as informações. A informação circula de forma muito rápida e os jornalistas e os veículos são os responsáveis por tratar as notícias para que elas possam serem interpretadas pelos leitores e internautas. O trabalho do jornalista continua fundamental para a sociedade.

IMG-20150407-WA0042

Anna Ruth – Vejo essa homenagem com muita alegria e satisfação. A homenagem é nossa porque serve de estímulo para continuarmos com o nosso trabalho, de forma simples e didática, sempre buscando a verdade dos fatos exigida para qualquer que seja a notícia relatada por nós.

IMG-20150407-WA0046

Eryka Zuza – Estou honrada e feliz, principalmente porque esse convite surgiu do meu trabalho na docência de comunicação, como professora substituta de comunicação e da pós-graduação em mídias sociais, jornalismo e publicidade. Eu fico muito feliz em participar desse dia tão especial para nós jornalistas, fortalecendo essa profissão. Essa sessão na AL fortalece nossa profissão e mostra para a sociedade que precisamos ser profissional para coletar essas informações e levá-las ao público.

IMG-20150407-WA0054

Vânia Marinho – É fantástico, pois mostra que sou reconhecida pelo meu trabalho como jornalista.

MF – Como a senhora ver o momento político do RN?

VM – Nosso momento político é uma reflexão do momento político no Brasil. Acho que tudo vai ser resolvido ao longo do tempo. Eu sou positiva em relação a isso.

MF – Qual o recado que a senhora mandaria para a população do RN?

VM – Tenham esperança e paciência. Não é uma esperança que as coisas caiam do céu, mas uma esperança de fazer com que as coisas aconteçam. Que plantem para colher. As soluções devem ser buscadas. Por exemplo, as pessoas ficaram aflitas com a crise na segurança, mas vamos acreditar não somente no governador mas toda população junta pode fazer algo em prol da segurança.

IMG-20150407-WA0057

Daniel Cabral – Eu me sinto honrado em representar toda uma categoria. Fico feliz em ser homenageado por ser jornalista. Eu escolhi ser jornalista, na verdade o jornalista já nasce sendo jornalista. Acho que nós usamos a palavra como instrumento de transformação social e  faz com que nosso dia a dia seja  representativo para a sociedade. O jornalismo é arte de criar algo novo todos os dias para a sociedade e isso faz com que o jornalista represente o espírito da sociedade. Dou um dez para a AL, pois lembrar da nossa categoria é algo que tem que ser agraciado pelos jornalistas e lembrar que essa casa reconhece a importância de uma atividade como a nossa.

Um comentário em “Grandes nomes do jornalismo potiguar falam sobre a homenagem realizada pela Assembleia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *