Frente propõe Plano Metropolitano Integrado de Segurança

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O enfrentamento à violência na capital potiguar e no estado ganhou reforço com a Frente Parlamentar da Defesa Social e Enfrentamento à Violência na Região Metropolitana de Natal, lançada na manhã de hoje (9) no plenário da Câmara Municipal de Natal sob a presidência do vereador cabo Jeoás Nascimento (PCdoB). Na primeira reunião, a Frente debateu sobre a criação de um plano integrado entre os municípios da região metropolitana.

“Vamos debater não apenas com relação ao papel da polícia, mas também de todos os órgãos e instituições que podem contribuir com a segurança pública. A ideia é que cada município trace um diagnóstico e aponte indicadores e estratégias a serem executadas dentro de um plano integrado. Com a Frente, vamos fomentar esse debate e a construção deste plano”, explicou Jeoás. Vereadores e representantes de diversas esferas do Poder Público e da Sociedade Civil organizada participaram das discussões onde foram apresentados índices e o comportamento da violência década a década, segundo estudos do Observatório das Metrópoles, da UFRN.

O secretário de Segurança e Defesa Social do Município, Osório Jácome, declarou que Natal está aberta para dialogar com os outros municípios da região. “É de fundamental importância o Legislativo ter uma Frente para auxiliar no diálogo. Enfrentamento à violência é um trabalho que não pode acontecer dissociado da integração e estamos abertos para debater junto aos outros municípios”. Números apresentados pelo especialista em segurança pública, Ivênio Hermes, apontam uma redução em quase 6% no número de homicídios em 2015, referente ao mesmo período do ano passado. Em 2014 foram 472 assassinatos e neste ano, até o 8, foram registrados 444.

Para o Secretário Adjunto de Segurança do Estado, Caio Bezerra, o esforço que está sendo feito para conter a violência refletirão ainda mais nos índices e o debate em torno de um plano integrado com os municípios ajudará o estado nesse sentido. “Estamos buscando melhor planejamento e policiamento preventivo com maior interação entre os órgãos. Temos o Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) e com o Comando de Policiamento Metropolitano acreditamos que poderemos interagir ainda mais com os municípios e obter melhores resultados”, disse o secretário. A Frente Parlamentar da Defesa Social pretende realizar estudos e debates, além de acompanhar as políticas públicas direcionadas às questões da segurança e da violência urbana dentro Região Metropolitana de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *