100 dias do Governo Robinson Faria: conheça as opiniões dos políticos sobre a gestão estadual

Foto: Arquivo
Foto: Arquivo

Encerrando as avaliações dos 100 dias do governo Robinson Faria, o blog apresenta as opiniões do vice-governador, deputados federais, ex-governador, senador, presidente de câmara municipal de vereadores e analistas do cenário político sobre os caminhos que Robinson tomou nesses primeiros meses. Descubra o que eles têm a dizer sobre a atual situação do RN.

Márlio Forte – Qual avaliação o (a) senhor (a) faz sobre os 100 primeiros dias do Governo de Robinson Faria?

IMG-20150410-WA0039

Zenaide Maia – Em cem dias não dá para avaliar governo nenhum. Agora o governo tem que se cuidar pois quando passa os 100 dias a população quer ações imediatistas. O gestor tem que colocar os serviços para funcionar: saúde, educação, segurança. Não adianta você dizer nada se uma mãe chega em um hospital e não tem nada. Como você explica isso? Eu por exemplo, não votei em Robinson, mas defendo que o Estado é nosso, estamos dentro dele, não adianta eu dizer que não quero que as coisas aconteçam, eu quero que tudo dê certo e vou ajudar no que for possível.

IMG-20150410-WA0047

Garibaldi Alves – Acho que o governo tem uma fragilidade nesse início que preocupa a todos nós: a situação financeira do Estado. Não estamos vendo medidas capazes de nos levar para fora dessa crise. Fora isso, não tenho nada a apontar. Todos nós sabemos que sem uma situação financeira razoável não podemos nem mesmo investir. As vezes pensamos que o problema do RN é só de investimento, mas é também de custear a máquina. O Governo terá de fazer uma prestação de contas sobre isso. Espero que ele [Robinson] consiga, pois ninguém vai torcer pelo pior.

IMG-20150410-WA0049

Walter Alves – A situação do Estado é complicada. O Estado está pagando a folha com o fundo previdenciário, então acho que o governo deve fazer uma reforma na gestão pública, otimizando arrecadação e custos e que ele possa apresentar a real situação financeira do Estado, para sabermos da capacidade de investimentos com recursos próprios. Espero que o governador possa ouvir a bancada federal e possa construir os projetos que venham a ajudar o nosso RN. O que todos nós sabemos é que o levantamento de recursos é difícil em Brasília e vamos lutar para que essas obras cheguem aqui e melhorem o futuro de nosso Estado.

IMG-20150410-WA0053

Felipe Maia – Eu acho que é muito cedo para avaliar somente com 100 dias de governo, pois representa menos que 8% de um mandato. Se pensarmos que o governador Robinson Faria terá 4 anos para administrar o Estado, é algo muito pouco, o que acho que ele tem que entender que o Estado está em um momento financeiro delicado e que cortes são necessários para que ele possa fazer uma boa administração, não somente enxergando a folha de pagamento, mas investimentos estruturantes em nosso Estado. A presidenta da República propõe reajustes de gastos e eu não acredito que os governadores se apoiem em verbas federais. Virão tempos difíceis. Acho que qualquer governador deve fazer uma gestão estruturante com a realização de sonhos, tem que pensar em cortes de gastos, caso contrário ele será só um administrador de folha de pagamento.

IMG-20150410-WA0055

Fábio Dantas – Com muitas dificuldades enfrentamos os primeiros 100 dias sem olhar o retrovisor, apenas para frente e resolvendo os problemas do dia a dia. Sempre planejando diminuir os percalços que foram encontrados pelo caminho.

IMG-20150410-WA0057

Rafael Motta – É muito cedo, apesar de ser 100 dias. Algumas áreas tiveram avanços, como o turismo, que teve a desoneração dos impostos do querosene da aviação, o que atraiu diversas linhas áreas, o próprio governador se encontrou com representantes de companhias áreas, atraindo novas linhas para o RN. Mas tem tido crises, como a questão financeira, apesar de ter um empréstimo grande feito com o aval da AL vemos o Governador fazer saques no fundo previdenciário, que é algo que não é visto com bons olhos; a questão da segurança pública, que está delicada em nosso Estado, tendo índices alarmantes. Mas nosso papel é de ajudar institucionalmente, sendo parceiro do RN e levantando sua bandeira em Brasília.

IMG-20150410-WA0059

Ricardo Gurgel – Positiva, apesar dos problemas que o governo enfrenta. Ele [Robinson] está trabalhando para enfrentar os problemas.

IMG-20150410-WA0063

Augusto Viveiros – Uma avaliação positiva. Estamos em um início, claro que o céu de brigadeiro pode fechar a qualquer momento. Seu secretário de Planejamento esteve aqui e fez uma apresentação muito boa e acredito que chegaremos numa situação boa já, já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *