Jogo alto: revistas semanais inflam o coro anti-Dilma

images-cms-image-000423165

Três revistas semanais brasileiras circulam, neste fim de semana, com capas que fazem alusão aos protestos marcados para este domingo, 15 de março.

Em Istoé, a reportagem de Claudio Dantas Sequeira, aborda o “rugido das ruas”. “Onda de manifestações contra a presidente varre o País, leva a crise política para um novo patamar e impõe ao governo um cenário de incertezas”, diz o texto.

Em Veja, Dilma é apontada como a presidente com a menor aprovação desde o impeachment de Fernando Collor e retratada como uma pessoa de olhos fechados para a realidade.

Em Época, do Grupo Globo, ela é retratada como uma “presidente encurralada” pela maior crise política desde que o Partido dos Trabalhadores assumiu o poder, em 2003.

As três publicações semanais engrossam o coro anti-Dilma, mas os atos realizados ontem em 24 estados pela Central Única dos Trabalhadores e por movimentos sociais, em defesa da democracia, revelam que ela ainda dispõe de um sólido bloco de apoio popular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *