Fernando Mineiro fala sobre a crise no sistema penitenciário: “a bomba estourou agora”

IMG-20150317-WA0032

A situação da segurança pública no RN agravou-se na noite de ontem com uma série de rebeliões nos presídios e CDPs da capital e interior. Fernando Mineiro conversou com o blog e contou os detalhes e orientações de como lidar com a situação atual: “É uma situação delicada, vivemos uma crise no sistema penitenciário em nosso Estado, o momento é de crise que já vem se repetindo há mais de 10 anos”

Márlio Forte – Como o senhor ver a situação na segurança do RN?

Fernando Mineiro – É uma situação delicada, vivemos uma crise no sistema penitenciário em nosso Estado, o momento é de crise que já vem se repetindo há mais de 10 anos e a bomba estourou agora. O Governo do RN tomou a atitude certa, conversa com todos os órgãos que fazem parte da segurança.

MF – Quais as medidas emergenciais que serão adotadas?

FM – Atuar de maneira articulada. Estou indo a uma reunião do GGI (Gabinete de Gestão Integrada) e ali tem vários acentos de pessoas do governo, como a Secretaria de Segurança, Sistema Prisional, Ministério Público e a OAB, buscando ouvir em uma ação articulada. A atitude é essa: fazer essa contenção e restaurar o que foi destruído, garantindo que tenha o controle da situação. O próprio governo vai anunciar, eu não vou anunciar pois não sou o governo.

MF – Como líder do governo o senhor tem acompanhado a situação?

FM – Sim, passei a noite acompanhando e trocando informações e estou aqui, em nome da Assembleia, para ajudar.

MF – No âmbito federal, o senhor já contatou com alguma autoridade?

FM – Sim, inclusive está chegando 200 homens da Força Nacional. A senadora Fátima está ajudando e com a ajuda da Força Nacional vamos conter essa situação.

MF – Essa situação vai chegar nos municípios pequenos?

FM – Estamos trabalhando para que não chegue.

MF – Em relação com as histórias criadas por meio das redes sociais, qual a orientação?

FM – Tomar cuidado com os boatos, pois cada vez que é compartilhado uma história que não é verdade contribui para a insegurança, deixando as coisas mais inseguras. Uma coisa que eu tenho feito desde a noite passada em minhas redes é não dar vasão aos boatos. Pegue as informações nas redes sociais da Secretaria de Segurança e divulgue. Divulgar boatos é muito ruim pois acaba contribuindo para a insegurança.

MF – Haverá alguma ação secreta do governo?

FM – Se houver, eu nem posso comentar com você. [risos]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *