Imbassahy: “Nem mesmo os aliados conseguem defender a presidente”

Informações: 24/7
Informações: 24/7

O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB), comentou na manhã deste domingo, 29, declaração do ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Em palestra para alunos da Universidade de Chicago (EUA), Levy afirmou que a presidente “tenta acertar (na condução da política econômica), mas não da maneira mais fácil e efetiva”.

“A frase é uma confirmação oficial de um Ministro de Estado da ineficiência da presidente da República. E revela que o governo está tão frágil que Dilma já não controla nem mesmo os próprios ministros”, disse o parlamentar, observando que as críticas ao governo federal hoje não partem mais apenas da oposição, mas, inclusive, de integrantes de destaque na estrutura federal.

Ele lembrou também o que disse na semana passada o presidente nacional do PT, Rui Falcão: “É um governo de merda, mas é o meu governo”.

“A situação está tão ruim, que nem mesmo os aliados conseguem defender a presidente”, concluiu.

Leia Mais

Rede pedirá registro ao TSE até final de abril

Informações: 24/7
Informações: 24/7

A Rede Sustentabilidade, legenda da ex-senadora Marina Silva e que atualmente está abrigada dentro do PSB, pretende entregar em abril a lista das assinaturas que faltam à Justiça Eleitoral de maneira a tornar-se oficialmente um partido político. Segundo membros da Rede, ainda é preciso verificar a validade de 32 mil assinaturas, do total de 500 mil necessárias à criação do partido.

O porta-voz da Rede Sustentabilidade, Bazileu Margarido, disse que serão apresentadas à Justiça Eleitoral um total de 80 mil assinaturas, 48 mil a mais que o número necessário para evitar riscos à criação da legenda. Caso consiga a viabilização, a Rede deverá lançar candidatos próprios nas eleições municipais de 2016.

Em 2013, a Rede não obteve o registro de criação do partido junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por não conseguir o número de assinaturas exigido pela legislação.

Leia Mais

“A gente finge que é governo”, diz Eduardo Cunha

Informações: 24/7
Informações: 24/7

A julgar pelo tom da entrevista do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), às jornalistas Maria Lima, Isabel Braga, Joana Gama e Sergio Fadul, publicada neste domingo no jornal O Globo, a aliança PT-PMDB chegou ao fim.

Na essência, Cunha afirmou que o PMDB finge que é governo e o PT finge que acredita. “Os ministros do PMDB não têm ministério relevante. Sempre foi assim. Na prática, a gente finge que está lá. E eles fingem também.”

Cunha também negou que ele e seu colega Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, tenham tomado o comando do País. “Quem tem a caneta? É ela. Quem edita medidas provisórias? É ela. Quem libera o orçamento? É ela. Quem nomeia e indica a cargo? É ela. Então é ela quem governa”.

O presidente da Câmara também voltou a acusar o Palácio do Planalto de tentar enfraquecer o Congresso, com a Operação Lava Jato. “Ficou claro e nítido que eles estavam fazendo uma opção de enfraquecer a todos nós”.

Outro alvo do parlamentar é o ministro Gilberto Kassab, das Cidades, que tenta recriar o PL, para atrair parlamentares insatisfeitos com suas legendas. “Operação Tabajara”, disse ele. “Se deram corda para o Kassab, quem deu a corda é que está errado”, disse Cunha. Ele afirma que foi uma tentativa clara de atingir o PMDB.

Indagado se pensa em assumir a presidência da República, quando Dilma e o vice Michel Temer se ausentarem do País, Cunha foi irônico. “Se o Cid Gomes ainda fosse ministro, eu podia demitir o Cid. Mas não vou poder nem demitir o Cid”.

Sobre a Lava Jato, em que é um dos alvos da investigação, Cunha mandou um recado ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot. “Estou em guerra aberta com o Janot. Vamos ver até que nível ele vai”. Cunha, no entanto, admitiu se tratar do maior escândalo do mundo.

Pela entrevista deste domingo, Cunha sinaliza que nem a indicação do aliado Henrique Alves para o Turismo será capaz de apaziguá-lo.

Leia Mais

PT de São José de Mipibu realiza ato de filiações

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

A senadora Fátima Bezerra prestigiou na noite da sexta-feira (27), o ato de filiações de novos petistas de São José de Mipibu. Na ocasião, também foi comemorado o aniversário do PT, que completou 35 anos.

Na fala, Fátima Bezerra parabenizou o diretório municipal pela iniciativa e fez balanço dos avanços e conquistas dos governos Lula e Dilma Rousseff; Reforma Politica, conjuntura e eleições 2016.

“Nós, do Partido dos Trabalhadores, ouvimos atentamente as múltiplas vozes da sociedade brasileira. O combate à corrupção é uma reivindicação presente e o Congresso Nacional tem que combater as causas da corrupção, de eliminar o mal pelas suas raízes, e uma das raízes da corrupção no Brasil é inegavelmente o financiamento privado das campanhas eleitorais. Queremos uma Reforma Política que proíba o financiamento de campanha por empresas e adoção do financiamento democrático de campanha; eleições proporcionais em dois turnos; paridade de gênero na lista pré-ordenada; fortalecimento dos mecanismos da democracia direta com a participação da sociedade em decisões nacionais importantes, dentre outros temas”, explicou a senadora.

Participaram do evento petistas e militantes de São José de Mipibu, Arez, Brejinho, Baía Formosa e Nísia Floresta.

Leia Mais

Governador prestigia festa de emancipação política do Alto do Rodrigues

Foto; Assessoria
Foto; Assessoria

O governador Robinson Faria prestigiou, na noite deste sábado (28), a tradicional festa de emancipação política do Alto do Rodrigues. O município do Vale do Açu estava completando 52 anos.

“Estou muito feliz de poder voltar a esta terra já como governador, para comemorar ao lado de vocês uma data tão importante. Contem com meu empenho para desenvolver todo o estado”, destacou Robinson, após realçar algumas medidas tomadas pelo governo que já refletiram em resultados positivos, como a queda no índice de criminalidade nos dois primeiros meses do ano.

Robinson foi recebido no Alto do Rodrigues pelos ex-prefeito Eider Medeiros, com quem visitou a festa do Alto Folia, Carnaval fora de época da cidade. Também estiveram presentes no evento os deputados estaduais Gustavo Carvalho e Disson Lisboa.

Leia Mais