Qual nota você daria ao prefeito Carlos Eduardo? Parte V

IMG-20150326-WA0081

Emanuel do Cação (vereador) – Minha nota é oito e pode subir.

IMG-20150326-WA0084

Hugo Manso (vereador) – É ruim fazer uma avaliação numérica. Depois da posse ele teve uma boa ação, resgatando projetos. Segundo ano seu trabalho foi fragilizado, veio as obras da Copa do Mundo e nós aprovamos um empréstimo e parte das obras não foram concluídas. Estamos no terceiro ano e acho que não houve avanço nos transportes… nesse contexto, daria uma nota cinco.

IMG-20150326-WA0090

Júlia Arruda (vereadora) – O prefeito passou por média. Ele recuperou bem a cidade. Depois de arrumar a casa o natalense quer mais, como as obras de drenagem e das calçadas. O natalense quer e pede mais de Carlos Eduardo.

IMG-20150326-WA0088

Dagô – Dou sete. Acredito que osprimeiros anos  foi para arrumar a casa e agora a coisa vai andar.

Leia Mais

Qual nota você daria ao prefeito Carlos Eduardo? Parte IV

IMG-20150326-WA0066

Ubaldo Fernandes (vereador) – Nota sete. Fazendo uma avaliação em relação com o anterior as coisas avançaram, na questão da limpeza pública, educação, o complexo viário. A área que o governo ainda não acertou foi na saúde, o governo diz que foi feito muito investimento na saúde, mas essa área ainda é muito carente.

IMG-20150326-WA0071

Fernando Lucena (vereador) – Zero. A diferença entre Micarla e Carlos Eduardo é que ela usava saia e ele não. Carlos Eduardo não paga a ninguém, dando calote nas empresas, está há dois anos maquiando algumas ruas de Natal e fazendo uma limpeza urbana superfaturada.  

IMG-20150326-WA0076

Aquino Neto (vereador) – Uma administração que está tendo a aceitação popular.  Ainda é cedo dar alguma nota, eu não tenho como dizer, mas eu aprovo sua administração.

IMG-20150326-WA0079

Joanilson Regô (vereador) – Eu dou uma nota nove. Ele encontrou uma prefeitura com muitas dificuldades, então Carlos Eduardo pegou esse momento difícil e reestruturou a prefeitura com o seu  estilo de gestão (…)

Leia Mais

Qual nota você daria ao prefeito Carlos Eduardo? Parte III

IMG-20150326-WA0053

Felipe Alves (vereador) – Eu daria um oito, por achar que seja uma administração positiva e bem avaliada pelo povo em pesquisas recentes. Como toda administração, existe pontos positivos e negativos. Ele pegou numa situação complicada e colocou a cidade em ordem.

IMG-20150326-WA0059

Franklin Capistrano (vereador) – Hoje em dia no Brasil não é fácil administrar, é muito difícil. Eu acho que Carlos Eduardo está fazendo um governo equilibrado e acredito que ele vai fazer algo que vai ser lembrado. Vendo a situação econômica do país, ele vem fazendo tudo dentro do possível. Minha nota é 7,5 para 8.

IMG-20150326-WA0064

Maurício Gurgel (vereador) – A nota que eu daria é uma nota de 5,5. O governo de Carlos Eduardo avançou em algumas áreas e regrediu em outras. Carlos Eduardo deu uma arrumada na casa, hoje não há atraso de salários, ele arrumou as vias públicas, porém na saúde acho ele tem que melhorar. Ele fez uma festa tamanho do mundo quando foi entregar o hospital da mulher, mas teve um atraso de um ano e três meses. A saúde regrediu, como o transporte público. Os túneis das obras da Copa foram feitos e melhorou a mobilidade, mas no lote de obras estava previsto a recuperação de 300 abrigos pela cidade, corredores exclusivos para ônibus e a construção de 55 km de calçadas que não foram feitos. Ou seja, não existe compromisso com o pedestre (…).

Leia Mais

Qual a nota que você daria ao prefeito Carlos Eduardo? Parte II

IMG-20150326-WA0038

Paulo Roberto (assessor de imprensa) – Dou cinco. Muita coisa foi feita, mas não serve de parâmetro, pois a administração passada foi desastrosa. Se compararmos com a primeira administração dele e com o que é necessário fazer, acho que ainda existe muito a ser feito. Há ações que necessitam de uma maior atitude por parte do poder público.

IMG-20150326-WA0040

Joaquim Pinheiro (jornalista) – Nota seis. O prefeito encontrou uma situação difícil, sem os serviços públicos funcionando, a saúde, mobilidade … Mas tentou nesses dois anos melhorar a cidade, mas tem ainda muitas reclamações por parte da população.

IMG-20150326-WA0045

Júlio Protásio (vereador) – Se você comparar com o que ele herdou, lixo nas ruas, falta de remédios nos hospitais, com o ano letivo interrompido por falta de merenda e greve dos professores, a nota teria de ser 11, fora da escala.

IMG-20150326-WA0049

Dickson Júnior (vereador) – Dou nota sete, pois a área da saúde não houve evolução, porém a limpeza melhorou, os servidores estão recebendo em dia e as coisas foram evoluindo.

Leia Mais

Qual nota você daria ao prefeito Carlos Eduardo? Parte I

IMG-20150326-WA0025

Aroldo Alves (vereador) – Dou sete. Se fizermos uma análise da administração passada em relação com a atual podemos ver que a cidade está mais limpa e a educação melhor, porém não 100%. Temos problemas na saúde e a segurança são os pontos mais fracos da administração atual. A situação está um pouco melhor, pois nem o governo está bem.

IMG-20150326-WA0029

Heloísa Guimarães (jornalista) – Não podemos dar uma nota muito alta, pois sempre tem muita coisa para melhorar. Ele pegou uma administração muito criticada. Então eu daria uma nota entre 6 a 7. Acho que os serviços básicos ele conseguiu retomar, o que é uma característica da administração dele. Tem muita coisa a melhorar, como a distribuição de medicamentos, mas a gente ver que é um problema generalizado, não só na administração dele. Agora eu acho que temos que melhorar ainda mais os serviços básicos, pois se a população tem isso, ela já aprova. Depois disso temos que evoluir.

IMG-20150326-WA0032

Ana Paula (jornalista) – Nota nove. Ele pegou uma administração bem complicada, estávamos nas vésperas de uma Copa do Mundo e ele conseguiu entregar as obras, garantido a copa na cidade. Ainda creio que vai ser possível acontecer e fazer uma boa gestão nos próximos dois anos.

Leia Mais

Galeno destaca ações do Governo para zerar fila de espera por cirurgias ortopédicas

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Mais de 650 pacientes aguardam, em casa ou nos hospitais, por uma cirurgia ortopédica. Os dados são do Complexo Estadual de Regulação, que o deputado Galeno Torquato (PSD) citou durante pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (26). O parlamentar chamou a atenção para as ações do Governo do Estado no sentido de reduzir a demanda reprimida de cirurgias de trauma no período de três meses.

“O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), pretende zerar a fila de espera por cirurgias ortopédicas no Rio Grande do Norte em um prazo de três meses. Para isso, a Sesap já está trabalhando a execução de um Plano Estadual de Ortopedia, com medidas em curto, médio e longo prazo, que está sendo implantado na rede hospitalar tanto pública quanto privada”, disse Galeno Torquato.

Leia Mais

Plano de Ações para o Sistema Penitenciário do RN será apresentado nesta sexta-feira (27)

O Governo do Estado realiza na manhã desta sexta-feira (27), às 10h, uma coletiva de imprensa no auditório da Governadoria, no Centro Administrativo, para apresentar o Plano de Ações do Departamento Penitenciário Nacional, do Ministério da Justiça, para reestruturação o Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte.

Estarão presentes na coletiva de imprensa o Governador Robinson Faria, a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, e o diretor do Departamento Penitenciário Nacional, Renato de Vitto, além dos secretários de Estado da Justiça e Cidadania, Edilson França, e da Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite.

Leia Mais

Próxima reunião dos Governadores do Nordeste será em Natal

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

A próxima reunião dos Governadores dos Estados do Nordeste deve acontecer em Natal, com data prevista para o dia 8 de maio. Os Governadores nordestinos se reuniram em Brasília nesta quarta-feira, 25, antes da audiência com a presidenta da República, Dilma Rousseff para elaborar um documento com reivindicações ao Governo Federal.

Os governadores nordestinos solicitaram a Dilma Rousseff a definição de uma nova fonte de financiamento e crédito, a continuidade dos investimentos federais, apoio à rede pública de saúde, combate à estiagem, a aprovação pelo Senado das regras para o comércio eletrônico e a inclusão do Nordeste como laboratório para o Sistema Único de Segurança Pública.

A reunião teve a participação dos nove governadores que declararam apoio às medidas de ajuste fiscal propostas pelo Executivo federal e a necessidade de discussão, inclusive com a participação das bancadas no Legislativo, para dirimir dúvidas e questionamentos.

Também comunicaram à Presidenta que a mudança do indexador das dívidas dos Estados e municípios, como está previsto no projeto de Lei que tramita no Congresso Nacional, é interessante apenas para os Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, por que o período de contratação das dívidas do Nordeste não é beneficiado com a proposta.

O Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, ressaltou que “o apoio do Governo Federal é de fundamental importância aos Estados nordestinos que precisam dar continuidade aos projetos em curso, receber novos investimentos para reduzir as desigualdades e compensar as perdas de receita do FPM”.

Leia Mais

Mandato da senadora Fátima participa de reunião sobre adutora de Serra Negra

Na manhã desta quarta-feira, 25, foi realizada audiência entre o superintendente estadual da Funasa, Antônio Barbosa, e o prefeito de Serra Negra do Norte, Alysson Moisés, onde foi tratada a obra de construção da Adutora Piranhas/Serra Negra. O mandato da senadora Fátima Bezerra (PT/RN) foi representado pelo chefe de gabinete, Adriano Gadelha. Presença também do vereador Eraldo (PT).

Na ocasião, ficou encaminhado que a prefeitura de Serra Negra fará nos próximos dias adequações necessárias no projeto, bem como acelerar o processo licitatório. A Funasa, por sua vez, se comprometeu em agilizar as análises técnicas referente ao projeto, e adiantou que enviará equipe de técnicos para analisar a qualidade da água ofertada à população local e qualificar os funcionários da companhia de abastecimento de água.

Adriano Gadelha ressaltou que o mandato da senadora Fátima vem acompanhando de perto a luta pela construção da adutora, obra que se justifica em virtude do período de estiagem dos últimos anos. “Ainda enquanto deputada federal, Fátima Bezerra teve papel fundamental na articulação de audiências junto ao Governo Federal e nos ministérios, que resultou na inclusão do projeto no PAC 2, assegurando assim os recursos na ordem de R$ 8,3 milhões para a obra”.

Fátima Bezerra, que cumpre agenda em Brasília, reafirmou o compromisso com a população. “Serra Negra do Norte é uma das cidades que mais tem sofrido com a estiagem, a seca. O nosso mandato está à disposição nos esforços necessários para que a obra seja executada. A adutora vai resolver, de uma vez por todas, o problema do acesso à água, que se torna dramático em períodos de seca como estamos passando. Com a adutora, a cidade de Serra Negra do Norte nunca mais precisará de carro-pipa”, disse a senadora.

Leia Mais