Fernando Lucena: “O prefeito Carlos Eduardo não tem autoridade nenhuma para falar sobre transporte”

IMG-20150319-WA0077

A Câmara Municipal de Natal votará dentro de alguns dias o Projeto de Lei Nº 04 de 2014 que trata do sistema de ônibus da capital. A discussão pelos corredores da Câmara esquenta a medida em que a data para a votação se aproxima. Para Fernando Lucena, “Carlos Eduardo não tem autoridade nenhuma para falar sobre transporte” pois, segundo o petista, ele não implementa as leis que beneficiam a população: “o povo não é doido de votar em alguém que nem cuida dos ônibus”

Márlio Forte – Como o senhor ver o projeto de lei  nº4/2014? Por que ele não vai sair?

Fernando Lucena – O prefeito Carlos Eduardo não tem autoridade nenhuma para falar sobre transporte. Primeiro foi o Passe Livre que ele não implantou, a bilhetagem eletrônica não foi implantada apesar dele ter enviado duas leis, depois eu fico me perguntando o que ele fez. Aí ele vai nas entrevistas e diz que a Câmara Municipal de Natal que é responsável por isso. Olha, o Passe Livre ele mandou o projeto e ele mesmo vetou. Carlos tem que tomar semancol, pois ele nem cumpre a bilhetagem eletrônica.

MF – Ele não tem rédeas, é isso que o senhor quer dizer?

FL – Ele não tem. O prefeito não tem autoridade. Ele não cumpre o que diz, não cumpre os projetos de lei feitos por ele, a STTU não fiscaliza e os outros fazem do jeito que quer. Ele não tem autoridade. Acho que ele nem será reeleito, pois o povo não é doido de votar em alguém que nem cuida dos ônibus, que estão aí, velhos, umas sucatas de outros estados, com preço caro e ele sem nenhum controle sobre isso.

MF – O senhor não acredita que nesses dois anos que restam de seu mandato ele possa melhorar nesse sentido?

FL – Se ele fizer será para enganar a população. Aí será pior. O Passe Livre tem 200 estudantes escritos: é uma mentira. A bilhetagem eletrônica é outra mentira, pois ele já enviou dois projetos para cá. Como eu posso acreditar em um prefeito desses? Não dá para acreditar.

MF – Qual o recado que o senhor mandaria para o prefeito hoje?

FL – Que ele assuma a cidade. As pessoas votaram nele pensando que ele ia cumprir as promessas. Para os pobres, ele não faz nada, você veja que iluminação de fim de ano e parada de ônibus boas é só na zona sul. O povo da zona sul cobra, mas a população não. O prefeito foi eleito com os votos dos pobres e só trabalha para os ricos.

MF – O candidato do senhor para a próxima eleição será quem?

FL – Eu nem sei da próxima eleição. Ainda não está em discussão. Quem vai ser e quem é que muda ninguém sabe. Eu não gosto de falar em eleição. Sobre o futuro, vamos aguardar.

MF – Então esse projeto de lei não será aprovado?

FL – Vai não. O que está sendo proposto não é de interesse da população.

Leia Mais

Transporte Público: “O Sintoparn defende uma licitação pública”, diz José Neto

IMG-20150319-WA0086 (1)

Presidente do Sindicato de Transportes Opcionais de Passageiros do RN (Sintoparn), José Pedro dos Santos Neto não poupou críticas para o projeto de Lei Nº 04/2014 que trata do transporte público: “o Sintoparn defende uma licitação pública. Isso tem que ser discutido com a população e os setores interessados”.

Márlio Forte – Como o senhor ver esse projeto sendo aprovado em tão pouco tempo?

José Pedro dos Santos Neto – Não entendemos de bom agrado, porque o Sintoparn defende uma licitação pública. Isso tem que ser discutido com a população e os setores interessados. Hoje, os empresários são como profetas e que nós temos que pensar que a gratuidade quem está pagando é a população, mas eles não questionam nada. Lógico, se o projeto dá direito que eles tenham o direito por 15 anos, renovando por mais 15 e não tem uma perspectiva de melhora.

MF – Mas não estava atrasado esse projeto? Por que de repente resolveram apressar?

JN – O prefeito tenta jogar para a Câmara o problema, mas ele é quem tem a maioria na bancada da Câmara e ele teve desde o ano passado e não houve discussão.

MF – Mas porque só agora?

JN – É isso que estamos questionando. Entendemos que fosse até nesse semestre, mas discuta. Hoje está sendo discutido e na terça já está sendo votado um projeto desse tamanho. Por exemplo: O Sintoparn participa de outros movimentos sociais e o que eles mais questionam é que o prefeito era para ter apresentado um plano de mobilidade urbana para a cidade, para que os transportes depois não sejam reféns do plano.

MF – Quem serão os beneficiados com esse projeto?

JN – Para mim eles tem nome e endereço. Enquanto instituição, é a Seturn. Enquanto pessoa, o empresário Agnelo Cândido. E aí o prefeito Carlos Eduardo é quem dar esse suporte porque não é questão de legislação, pois o que já tem Carlos Eduardo podia melhorar. É verdade que as audiências públicas apontaram vários caminhos, mas eles não aparecem nos projetos.

MF – Mas o senhor diz isso baseado em que?

JN – Tenho minha base na experiência do nosso sistema, no projeto, pois eu li o projeto todo e participei de todas as audiências que a prefeitura organizou e sei que a gente apresentou várias emendas e elas não estão no projeto.

MF – Quantos artigos tem o projeto?

JN – São mais de 50 artigos. O artigo 39 é um polêmico.

MF – O que o artigo 39 fala?

JN – O prefeito Carlos Eduardo quer proibir que setores façam manifestações e bloqueiem avenidas. Mas isso vai ser votado, tudo junto. Eu espero que os vereadores discutam artigo por artigo, parágrafo por parágrafo.

MF – O senhor acha que vai acontecer isso?

JN – É o que a gente torce, no entanto nós sabemos que o prefeito tem a maioria na Casa.

MF – Se o senhor fosse prefeito, como teria feito esse projeto?

JN – Eu teria feito as audiências com mais amplitude na sociedade e tinha ouvido o que ela tinha falado. A Sociedade propôs coisas que não aparecem no projeto apresentado.

Leia Mais

Ivonildo Rego: “O trabalho que faço na universidade ajuda muito a sociedade. Basta ver a cara que a UFRN tem hoje”

DSC_4893

Uma das personalidades mais conhecidas no meio acadêmico, o professor Ivonildo Rego foi por 12 anos reitor da UFRN. Responsável pelos trabalhos do Instituto Metrópole Digital, Ivonildo conversou com o blog logo após de encontrar-se com o secretário de Educação Francisco das Chagas. “Fiquei muito feliz em ter passado 12 anos na reitoria da universidade e estou lá para ajudar no desenvolvimento do Estado”, declarou. Confira as pretensões políticas dele na entrevista de hoje.

Márlio Forte – Como está o Pronatec no Rio Grande do Norte?

Ivonildo Rego – A universidade [UFRN] tem forte ação nessa área, tendo a maior oferta no Estado. Ela reúne a Escola Agrícola de Jundiaí, Escola de Música, Escola de Enfermagem e o Instituto Metrópole Digital. Em Jundiaí, temos a oferta mais expressiva. Viemos conversar com o secretário [de educação] para mostrar o que está sendo feito nessa área, para acertamos a continuidade nesse sentido.

MF – Como está a relação do novo gestor da SEEC-RN com a UFRN?

IR – Boa. Chagas é uma pessoa que já vem do MEC, ele já tinha uma proximidade com a UFRN e vai continuar trazendo as coisas boas para cá, buscando dar rumos em cima da perspectiva dele. Há um trabalho de continuidade com a universidade, Instituto Federal, instituições que atuam na educação. Essas instituições tiveram na gestão anterior uma boa parceria e existe uma determinação do secretário de avançar.

MF – A Secretaria de Educação convidou alguém da Universidade para fazer parte da nova gestão?

IR – Não sei, o que posso dizer que existe parcerias. A universidade tem uma parceria grande na área de formação de educadores. Nosso Centro de Educação e as diferentes graduações que oferecemos têm diversos projetos juntos a SEEC. O mais importante é manter essa parceria. Eventualmente pode ter uma pessoa da universidade aqui dentro, mas o mais importante é ter a secretaria trabalhando junto com a UFRN.

MF – O senhor vai ser candidato ou tem alguma pretensão política?

IR – Não, eu gosto muito do trabalho que faço no Metrópole Digital, fiquei muito feliz em ter passado 12 anos na reitoria da universidade e estou lá para ajudar no desenvolvimento do Estado. Atualmente estou na direção do Metrópole Digital, que é um grande esforço feito pela universidade para desenvolver a área de tecnologia da informação, uma área que é transversal e importante tanto para o setor público e o privado.

MF – O senhor é filiado em algum partido?

IR – Não. Tenho muita simpatia e sempre vou ter com o PT enquanto cidadão.

MF – A ex-secretária Betania Ramalho era do PT?

IR – Não, ela não era filiada a partido nenhum, mas eu digo que as pessoas que fazem parte da universidade tem uma grande preocupação com a questão da desigualdade, criando oportunidades para os setores mais carentes, ou seja, isso normalmente se encaixa com setores de esquerda e daí vem essa história. Mas a ex-secretária não tem nenhuma filiação.

MF – Mas o senhor aparenta bem ser um político…

IR – [Risos] Depois de 12 anos como reitor e de dirigente público nos torna um ser político.

MF – Não existe a vontade de ser um deputado estadual?

IR – Não, não. Eu acho que o trabalho que faço na universidade ajuda muito a sociedade. Basta ver a cara que a UFRN tem hoje.

Leia Mais

Prefeitura promove competição de Badminton neste final de semana‏

Foto: Arquivo
Foto: Arquivo

O badminton tem ganhado cada vez mais espaço e adeptos e, para estimular ainda mais a prática da modalidade, a Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEL), promove neste final de semana a Copa Natal de Badminton.

A competição, que faz parte do calendário oficial de eventos da SEL, é uma parceria da gestão com a Federação Norte-rio-grandense de Badminton e será realizada no ginásio de esportes do Colégio Facex, no sábado (21) a partir das 8h e no domingo (22) às 14h, com entrada gratuita.

Participam do torneio escolas públicas e privadas da capital potiguar nas categorias mirim, infantil, juvenil e adulto.

Leia Mais

Márcia sugere retomada de políticas públicas para estimular a geração de trabalho e renda‏

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O estímulo ao empreendedorismo, através da oferta de cursos de capacitação e qualificação profissional foi o destaque do pronunciamento da deputada Márcia Maia (PSB) na sessão plenária desta quinta-feira (19). A parlamentar alertou que é preciso minimizar os crescentes índices de desemprego recentemente divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

“Não vim aqui só expor os dados negativos em relação ao Estado, mas quero chamar a atenção do Governo e, sobretudo, de quem conduz a política de emprego e renda. É urgente a geração de resultados positivos através de políticas públicas nesta área”, disse a parlamentar.

Márcia Maia citou dados da recente pesquisa do Ministério do Trabalho, que revelou um aumento na fila do desemprego no Brasil. No Rio Grande do Norte foram eliminadas 4.013 vagas com carteira assinada no mês passado, sendo as principais nos setores da indústria, agropecuária e construção civil.

Segundo o estudo do Ministério, em nosso Estado as demissões superaram as contratações em seis das oito atividades econômicas analisadas e atingiram principalmente a indústria e quem trabalhava na “indústria química” – que engloba usinas de álcool e açúcar – e em fábricas têxteis e de vestuário.

Outra sugestão da deputada foi a retomada das Centrais do Trabalhador: “É fundamental ter essa política reativada, promovendo a qualificação dos trabalhadores e assim estimulando o empreendedorismo”, afirmou Márcia Maia.

Leia Mais

Ezequiel Ferreira participa do encerramento da festa de São José em Angicos‏

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

A agenda do presidente da Assembleia, Ezequiel Ferrera (PMDB), foi iniciada nesta quinta-feira (19) em Angicos na tradicional celebração do Dia de São José, comemorado neste 19 de março. Ao lado do vice-governador Fábio Dantas (PCdoB), do vice-prefeito de Angicos, Deusdete Gomes (PTB), da presidente da Câmara Nataly Felipe (PTB), vereadores, lideranças locais e fiéis, Ezequiel participou da missa campal e conversou com populares.

O presidente da Assembleia destacou as ações do Poder Legislativo na cidade. “Pela primeira vez, a Assembleia Legislativa será instalada em Angicos com o programa Assembleia Cidadã levando serviços gratuitos à população como emissão de documentos, cursos profissionalizantes e atendimentos de saúde”, destaca.

A Assembleia Cidadã será instalada na cidade nos dias 29 e 30 de abril. Além da Assembleia Cidadã, a Casa Legislativa será instalada na cidade com anúncio de projetos de lei e requerimento dos deputados estaduais que beneficiam a população da região Central.

A missa foi celebrada pelo Arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha e contou com a participação de milhares de fiéis.

Leia Mais

Cristiane pede celeridade no processo de convocação dos 824 concursados da PM‏

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

O debate em torno da convocação dos 824 aprovados no último concurso público promovido pela Polícia Militar toma conta do plenário da Assembleia Legislativa. Na sessão desta quinta-feira (19), a deputada Cristiane Dantas (PCdoB) chamou a atenção para a publicização do resultado dos exames de saúde da categoria.

“Faço um apelo ao Governo do Estado para que dê celeridade e publique o resultado dos exames de saúde dos 824 aprovados no concurso da Polícia Militar possibilitando o avanço deles para a próxima etapa que é o curso de formação”, pede Cristiane Dantas.

Os exames foram realizados em janeiro de 2015 e a categoria aguarda o resultado para iniciar o curso de formação, que tem duração de seis meses. De acordo com o deputado Fernando Mineiro (PT), líder do Governo do Estado na Assembleia, a expectativa é que o resultado seja divulgado até o próximo dia 30 de março. A deputada Márcia Maia (PSB) também participou do debate.

Leia Mais