Vilma Batista: “como você pode fazer um plano de ação sem ter gente que trabalhe nos presídios?”

Ag9SKzdRyJ3XtRIT2swqa1FWRKkaGJVnyAewEFIic5dO

Presidente dos Agentes Penitenciários do RN, Vilma Batista contou ao blog como está sendo o diálogo com o governo nesse momento de crise: “estamos disponíveis ao governo do Estado e que nos inclua nessa articulação, pois estamos vendo representantes de todos os órgãos menos os do que estão dentro das carceragens.” Para a presidente, a situação podia ter sido evitada.

Márlio Forte – Como está a situação?

Vilma Batista – Está em uma situação que prevíamos a muito tempo, por causa do abandono e das instituições prisionais. Chamamos os penitenciários para não somente tentar manter o controle das unidades, como resguardar os agentes de plantão, pois nosso efetivo é mito baixo. Desde quarta-feira a secretaria vem fazendo reuniões, mas até o momento somos nós que estamos na linha de frente sem nenhuma condição, sem armamento e munição. Hoje que está segurando os presos são os agentes, até chegar a força nacional. Então estamos aqui para apresentar um ofício ao governador.

MF – O que diz esse ofício?

VB – Diz que estamos disponíveis ao governo do Estado e que nos inclua nessa articulação, pois estamos vendo representantes de todos os órgãos menos os do que estão dentro das carceragens. Então como você pode fazer um plano de ação sem ter gente que trabalhe nos presídios?

MF – Era previsível essa situação?

VB – Sim, pois os presos já estavam em uma calamidade, sem manutenção, com superlotação… da forma que está, um dia iria acontecer.

Leia Mais

“Uma situação de calamidade como essa, eles vão ter que convocar” diz Arthur Cavalcante, agente penitenciário

AqNdv6hzbcp9lazK8BHs3QNr_J3ce7bdelF6vApbElbY

Prestes a assumir a função de agente penitenciário, Arthur Cavalcante será um dos 35 homens que darão um reforço na segurança pública. “Infelizmente teve de ocorrer uma situação como essa para eles lembrarem de nomearem. Estamos nessa luta desde 2009, são várias decisões judiciais a nosso favor e o Estado sempre empurrando com a barriga”, disse Cavalcante em entrevista.

Márlio Forte – Qual a expectativa?

Arthur Cavalcante – A melhor possível, pois infelizmente teve de ocorrer uma situação como essa para eles lembrarem de nomearem. Estamos nessa luta desde 2009, são várias decisões judiciais a nosso favor e o Estado sempre empurrando com a barriga. Agora com uma situação de calamidade como essa, eles vão ter que convocar. Mesmo com os 35 que esperam ser chamados, ainda teremos um déficit de 200 homens para serem convocados.

MF – Está preparado para enfrentar os bandidos?

AC – Sim, somos preparados para isso.

Leia Mais

Governador anuncia medidas para conter rebeliões dos presos e violência nas ruas

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

“O Governo não vai negociar nenhum tipo de concessão. Vamos garantir direitos, mas não permitiremos barganhas”, a frase foi dita pelo Governador Robinson Faria na manhã de hoje, 17, durante a coletiva de imprensa sobre os últimos episódios de violência ocorridos na capital que têm por indicação estarem sendo realizados pelo PCC e Comando do RN nos presídios e, ontem, nas ruas. O Governador também conclamou a população a não entrar em pânico, pois não há motivos para tanto, já que não ocorreram mortes ou fugas de presos, e pediu também que as pessoas não fizessem trotes ou replicassem boatos nas redes sociais. Como medidas emergenciais, o Chefe de Estado anunciou a vinda hoje da Força Nacional com, inicialmente, 79 homens que já chegaram à capital, bem como o decreto de Estado Calamidade Pública do Sistema Carcerário, que permitirá medidas emergenciais para diminuir os problemas do sistema prisional, além de medidas de caráter interno, que não devem ser divulgadas por questões estratégicas.

“Nas conversas que tive ontem à noite e também na madrugada de hoje com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ele ficou de enviar ainda essa semana uma equipe de inteligência que se unirá à nossa que já vem trabalhando desde o início das rebeliões, para identificarmos a motivação desses ataques, embora o PCC já tenha assumido a autoria”, disse Robinson Faria, adiantando que nesse momento delicado da segurança, a equipe do Governo, envolvendo Gabinete Civil, Sesed, Sejuc, Judiciário e o Ministério Público está se reunindo diuturnamente e já foram feitas várias prisões e apreensões de armas e drogas.

A coletiva de imprensa contou com uma verdadeira força tarefa, com a presença do secretária de Defesa Social, Kalina Leite (e interina na Sejuc); o desembargador e presidente do Tribunal de Justiça, Cláudio Santos, o procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis; o superintendente da Polícia Federal no RN, Kandy Takahashi; do Delegado Geral Stênio Pimentel; o presidente da OAB-RN, Sérgio Freire e o comandante Geral da Polícia Militar, Ângelo Mário de Azevedo Dantas.

Leia Mais

Assembleia aprova a contratação temporária de professores para UERN‏

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Por unanimidade dos votos, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, na sessão plenária desta terça-feira (17), o projeto que dispõe sobre a contratação de pessoal, por tempo determinado, pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), através da Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FUERN). O objetivo é atender a necessidade temporária da instituição.

Também foi aprovado por unanimidade, o projeto que trata dos vencimentos mensais dos defensores públicos do Estado do Rio Grande do Norte. Na discussão da matéria, os deputados reconheceram a importância dos defensores para a sociedade e para a população mais pobre que precisa de defesa jurídica.

“A categoria precisa ser valorizada. Quero parabenizar o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) e o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira (PMDB), que conseguiram a pactuação para que a lei seja aplicada quando o estado sair do Limite Prudencial”, complementou a deputada Márcia Maia (PSB).

Os demais projetos aprovados foram o que trata da competência do Gabinete Civil em relação ao pagamento de custeio de deslocamento para o governador e vice-governador para pontos do território nacional ou para o exterior. O projeto que dispõe sobre a revisão do subsídio mensal dos Conselheiros e Auditores do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE) e dos Procuradores do Ministério Público junto ao TCE, além do projeto que trata da revisão de subsídio mensal dos Procuradores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte também foram aprovados.

Leia Mais

Força Nacional chega a Natal para atuar na contenção de rebeliões

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Um avião Hércules pousou na Base da Aeronáutica em Parnamirim no final da manhã desta terça-feira, 17, trazendo tropas da Força Nacional de Segurança para atuar na contenção das rebeliões e atos de vandalismo que vêem ocorrendo no Rio Grande do Norte nos últimos dias.

A presença das tropas da Força Nacional foi solicitada pelo Governador Robinson Faria para reforçar o trabalho do sistema de segurança do Estado dentro das medidas emergenciais tomadas pela administração.

Os homens que desembarcaram na Base Aérea vieram de Brasília e seriam transportados em cinco ônibus.

Leia Mais