Opinião: Fátima Bezerra defende o fim de financiamento empresarial de campanhas

5out2014---a-candidata-do-pt-ao-senado-pelo-rio-grande-do-norte-fatima-bezerra-vota-na-escola-domestica-de-natal-neste-domingo-5-ela-disputa-a-vaga-com-wilma-de-faria-do-psb-1412532734101_615x300

O uso indevido de dinheiro público vem tomando cada vez mais os espaços dos nossos jornais e revistas. Ontem o Supremo Tribunal Federal divulgou uma lista com nomes de políticos que serão investigados por corrupção, fruto da operação Lava-Jato. Qual o caminho para que o dinheiro público não alimente a máquina política?

“Temos que defender o fim do financiamento de campanhas com dinheiro de empresas”, assim pensa a senadora Fátima Bezerra. Uma das lideranças do Partido dos Trabalhadores, Fátima iniciou uma campanha contra uma medida que ela julga “um retrocesso” na história política do Brasil: a emenda 385. “Essa emenda é constitucionalizar o financiamento empresarial de campanha”, disse a senadora em tom de revolta.

Qual seria o caminho? A Reforma Política. Essa reforma, que já vendo sendo discutida e esquecida desde a década passada, respingará suas mudanças em vários campos da política que conhecemos: “Uma reforma que venha na direção de fortalecer o voto proporcional e olhe para a questão de gênero”, palavras de Fátima Bezerra.

“Caso o Congresso que aprove uma PEC que institucionalize esse tipo de financiamento, será um golpe para a democracia brasileira”, alertou Fátima. Ela sabe que a decisão de pôr em votação essa decisão está nas mãos de Eduardo Cunha, presidente da Câmara e nome forte do PMDB. A Reforma Política talvez não saia agora, mas a PEC 385 deve ser acompanhada de perto, pois a política necessita de um conceito defendido por grande parte dos brasileiros: Transparência.

Leia Mais

Sinal aberto: Henrique Alves já pode ser ministro

Foto: Arquivo
Foto: Arquivo

Quando seu nome foi citado em meio ao furacão que foi as investigações da Lava Jato, Henrique Eduardo Alves estava em meio a campanha eleitoral e perdeu força.

Após a derrota nas urnas, Henrique voltou a Brasília para coordenar seus últimos dias como presidente da Câmara e se despedir da cadeira de deputado, que ocupou por 44 anos. Cogitaram uma indicação sua para tornar-se ministro do governo Dilma. Mas ao ser citado, preferiu esperar o desenrolar da situação.

Nessa semana, o Ministério Público Federal arquivou qualquer denúncia contra Henrique por falta de provas. Diante da crise entre o PT e PMDB, a indicação do político potiguar torna-se ainda mais viável.

Henrique já pode estar preparando seus papéis e despachos para ocupar a sala principal do Ministério do Turismo. Em tempos de ‘Sinal Fechado’, o caminho continua verde para Henrique.

Leia Mais

Crianças da rede municipal recebem fardamento e material escolar

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Os 52.227 alunos da rede municipal de ensino já estão recebendo o fardamento e o kit escolar para o ano letivo de 2015. Nesta sexta-feira (06), o prefeito Carlos Eduardo Alves fez a entrega desse material aos alunos da escola Municipal Antônio Campos, em Mãe Luiza. O investimento total é de R$12.846.826,95, sendo R$10.627.475,53 recursos próprios do município.

Os alunos do 1º ao 9º ano estão recebendo: uma camisa, uma camisa regata, uma bermuda, uma calça, um par de tênis e um par de meia. Os da Educação Infantil recebem: uma camisa, duas bermudas ou uma calça, além dos tênis e do par de meia. Já aqueles que cursam o projeto de Educação de Jovens e Adultos (EJA) recebem uma camisa de mangas curtas.

Os kits de material escolar variam de acordo com a série, mas todos possuem mochila, lápis grafite, caderno, régua, borracha e lápis de cor. As crianças da Educação Infantil recebem ainda uma caixa de tinta e outra de massa de modelar. A entrega desses materiais, bem como do fardamento, está sendo feita pelo Departamento de Atenção ao educando (DAE) da Secretaria Municipal de Educação.

O prefeito Carlos Eduardo ressaltou que é obrigação de qualquer gestor entregar fardamento de qualidade e material escolar aos alunos e que a Prefeitura está trabalhando, desde o início da gestão, para cumprir esse compromisso. “Os alunos precisam de identidade e o fardamento é essa identidade. E nós gestores, temos que fazer valer o direito dos alunos que é ter fardamento e material de qualidade. Além disso, estamos investindo em merenda de qualidade e no passe livre para os nossos alunos”, disse o chefe do executivo municipal.

Estiveram presentes ao evento a vice-prefeita, Wilma de Faria, a secretária de Educação de Natal, professora Justina Iva, a secretária adjunto de Gestão Pedagógica, Judineide Domingos; o secretário adjunto de Administração, George Câmara; o secretário adjunto de Gestão Escolar, Pedro Jorge e a vice-diretora da Escola Antônio Campos, Raquel Menezes.

Leia Mais

Ezequiel sugere ao Governo estudo para distribuição de forragens‏

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Preocupado com a falta de recursos dos agricultores familiares para aquisição de alimentos para seus rebanhos, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB), encaminhou requerimento ao governador Robinson Faria (PSD) e ao secretário da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Haroldo Osório, sugerindo estudo de viabilidade para distribuição de forragens, com intuito de combater a morte de animais em todo o Estado.

“A distribuição de forragens para os agricultores familiares do Rio Grande do Norte, criadores de animais dos tipos bovino, caprino e ovino precisa ser retomada pelo governo do Estado. Por isso, solicito estudo de viabilidade, através da secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca a retomada desta importante ação para os pequenos e médios agricultores do Estado”, justificou.

O deputado lembrou que o Rio Grande do Norte tem cerca de 100 mil produtores rurais, que até 2011, quando a seca se configurou, possuíam um rebanho bovino de 950 mil cabeças. Dados preliminares fornecidos pela Federação da Agricultura (FAERN) apontam para uma redução da ordem de 30%. “Os produtores estão endividados e não tem recursos para aquisição de alimentos para seus rebanhos”, reforçou.

Leia Mais