Prefeitura do Natal divulga selecionados no edital Literatura de Cordel 2014

cordelarte-900x600

A tradição da Literatura de Cordel também tem seu espaço garantido na gestão cultural da Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura/Funcarte. A comissão do júri que trabalhou no edital de Literatura de Cordel 2014 lançado pela Secult divulgou os projetos selecionados dentro das três categorias definidas.

A comissão do júri foi formada pela professora da UFRN Julie Antoinette Cavignac, o professor Severino Vicente – membro da Comissão Nacional do Folclore, Iaperi Araújo – Presidente do Conselho Estadual de Cultura –  e  Odinelha Targino, gerente do Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão e selecionou 7 (sete) dos 12 (doze) inscritos e aptos a concorrer.

Na categoria 1 foram selecionados o “Cordel ecológico”, de José Correia Torres Neto e o projeto “A Presença Feminina na Literatura de Cordel do Rio Grande do Norte”, de Gutenberg Medeiros Costa.

Na categoria 2 foram selecionados os projetos “Casa do Cordel Ensina Xilogravura nas Escolas”, do proponente Fernando Antônio Soares dos Santos e “Margarida, a prostituta que fazia versos da profissão”, de Maria de Fátima Régis da Rocha.

Na categoria 3 foram selecionados os projetos “1º Concurso de Cordel da Associação Cultural Casa do Cordel”, de Rosa Ramos Régis da Silva,  “Cordel na Praça” de José Viana Ramalho e a “Série Cordelíricas Nordestinas – Perfis dos Poetas Cordelistas”, de Alexandre Ferreira dos Santos.

A Categoria 1 prevista no Edital de Literatura de Cordel 2014 é para “Criação e produção de Literatura de Cordel”. A Categoria 2 é sobre “Pesquisas e Trabalhos Educacionais” e a Categoria 3 é para “Iniciativas de Valorização do Cordel”.

O Edital de Literatura de Cordel 2014 elaborado pela Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura/Funcarte, atende as principais demandas do segmento: produção de material de literatura de cordel, estudos de conteúdo, biografias, oficinas, formação do público leitor, seminários e encontros para valorização, promoção e difusão do cordel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *