Kleber Fernandes chama de prematura qualquer discussão sobre o pleito municipal de 2016

Ocupando o cargo máximo do secretariado do prefeito Carlos Eduardo, Kleber Fernandes da Silva é um homem com muitas atribuições. Da Chefia de Gabinete da Prefeitura do Natal, todos os dias ele lida com questionamentos e problemas que a capital potiguar impõe.

Em uma conversa franca, Kleber fala sobre a sucessão municipal e chama de prematura qualquer que seja as especulações. Para ele foi precipitado o anúncio do apoio de Robinson a Mineiro em uma eventual disputa para prefeito. Sobre os problemas de Natal, o chefe de gabinete declara “ainda temos mais dois anos pela frente para deixar à cidade a altura que o povo natalense espera”.

Márlio Forte – Kleber, como você está vendo as primeiras divulgações sobre as candidaturas que estão sendo anunciadas para a próxima eleição municipal?

Kleber Fernandes – Vivemos um momento na Prefeitura do Natal onde a gestão, estrutura do município, a implementação dos projetos estruturantes estão voltadas para a valorização da cultura e do cidadão, melhoria dos serviços da saúde e da educação, ou seja, o trabalho desenvolvido pela PMN é hoje nossa prioridade. Então sobre a discussão eleitoral, nesse momento, eu acho que a população natalense não está muito interessada. Essa discussão terá de ser feita no momento oportuno, que será em 2016, e nesse momento a ordem do prefeito Carlos Eduardo é de muito trabalho, muita dedicação, de orientação e reestruturação da cidade, esse é o nosso objetivo, essa é a nossa meta, e essa discussão sobre candidatura só deve acontecer no momento apropriado em 2016. Qualquer discussão nesse momento é precipitada e a população natalense espera uma resposta do poder púbico à altura do que a população anseia, sempre esperou, sempre desejou que fosse implementada pelos gestores do município de Natal.

MF – O que o senhor achou do lançamento Mineiro para prefeito por Robinson?

KF – É um direito do governador eleito definir a candidatura de quem ele deva apoiar na próxima eleição, mas acho que foi uma exposição prematura, uma vez que ele terá um grande desafio, pela frente, que é organizar o Governo do Estado, que está numa situação caótica, deplorável, e precisa de muito empenho, muito trabalho, muita dedicação, precisa da formação de uma equipe comprometida e experiente, que ele deverá fazer com muito critério, o que deverá colocar o estado do RN nos trilhos do desenvolvimento. Trazer a torna uma exposição eleitoral nesse momento é prematuro e ele deve dar mais ênfase ao trabalho de desenvolvimento do RN, pois foi pra isso que o povo potiguar o elegeu para ser governador.

MF – O burburinho da cidade é que existem algumas pastas da prefeitura que não funcionam , por exemplo a saúde é uma coisa muito precária, na educação existem muitas queixas. O que é bem avaliado é a cultura, sob gerência de Dácio Galvão. O que você me diz diante desse quadro?

KF – Eu discordo dessa avaliação por que estamos vendo, não somente na área de cultura, que a cidade está limpa, paisagismo está sendo recuperado pela Sensur, foi entregue a UPA da Cidade da Esperança, está sendo construída a UPA da Zona Norte e outra será feita no Planalto, estamos concluindo a orla de Ponta Negra e da Praia do Meio, oito CMEIs e duas escolas de grande porte foram reformadas, pavimentação está sendo feita pela cidade toda. Eu vejo que a população está sentindo na pele que existe um gestor comprometido, que veste a camisa e se empenha pela cidade, então é um diferencial. É importante ressaltar que recebemos a cidade em situação de muita dificuldade administrativa e financeira, e em um ano e meio e cidade já tem visto a diferença do nosso trabalho. Ainda temos mais dois anos pela frente para deixar à cidade a altura que o povo natalense espera.

MF – Esse discurso é muito parecido com o da Governadora Rosalba Ciarlini. Em relação a isso, a não divulgação dessas ações da PMN faz ou está fazendo é culpa de quem? Da mídia?

KF – Primeiro, uma iniciativa da própria prefeitura é não gastar com publicidade ou propaganda quando existe a necessidade de investimento em setores essenciais, como saúde, educação, limpeza pública. A despesa com a publicidade é muito elevado para qualquer administração e nós acreditamos que nesses primeiros anos do governo não é prioridade fazer despesas com publicidade enquanto tínhamos uma cidade com muitas dificuldades. O investimentos foram executados nas áreas essenciais.

MF – Quando termina a obra de pavimentação da orla de Ponta Negra?

KF – Até o início de janeiro estará pronta para recebermos os turistas da alta estação na orla de Ponta Negra.

Leia Mais

Robinson reafirma compromisso com a transparência

DSC_9766
Foto: Assessoria

“Transparência nas ações e projetos do Governo do Estado será uma das marcas do governo Robinson”, essa foi a afirmação feita pelo governador eleito do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), ao presidente do Tribunal de Contas da União, Ministro Augusto Nardes.

Robinson recebeu o convite do presidente do TCU para participar do evento “Pacto pela Boa Governança: um retrato do Brasil” durante uma solenidade no TCE em Natal. Ele reafirmou a importância do tema e o seu compromisso com a transparência na sua gestão que iniciará em janeiro de 2015.

Durante o seminário, o governador eleito conversou com gestores e secretários de outros estados do Brasil sobre administração e transparência nas contas públicas e lembrou projetos de sua autoria implantados na Assembleia Legislativa quando presidente, como a TV e a rádio Assembleia, a Assembleia Itinerante e o Fórum Permanente de Debates, que abriu o legislativo potiguar para a sociedade. Os governadores receberam um documento informativo sobre a atuação situação estadual de áreas como a educação, saúde, segurança e os programas do Governo Federal.

Leia Mais

Rosalba inaugura obras de saneamento básico em Goianinha e Tibau do Sul

Inauguração esgotamento sanitario de Goianinha_Demis Roussos (2)
Foto: Demis Roussos

A governadora Rosalba Ciarlini inaugurou, durante todo o dia de ontem (17), obras de esgotamento sanitário nas cidades de Goianinha e Tibau do Sul, no litoral sul do Rio Grande do Norte. A Chefe do Executivo estava acompanhada do Diretor-presidente da CAERN, Yuri Tasso.

Em Goianinha, a solenidade contou com a presença do Vice-prefeito e Secretário Municipal de Educação, Rudemberg Lisboa, de Diretores da CAERN e vereadores. “Essa é uma obra de grande significado para Goianinha, a Governadora foi visionária ao decidir concluir e ampliar o serviço que tanto beneficiará nossa população”, disse o Vice-prefeito de Goianinha.

O projeto executado no município inclui uma estação elevatória, 5,8 Km de emissário, uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) e 16 quilômetros de rede coletora. Juntos os equipamentos permitem a realização de 3.041 ligações domiciliares. Um aumento de 17% para 74% da cobertura de saneamento básico. Antes todo o esgoto era destinado para o rio sem nenhum tipo de tratamento.

“É uma satisfação saber que Goianinha, uma cidade em pleno crescimento, não joga mais esgoto diretamente no rio, que poderá se desenvolver com qualidade de vida para os moradores, com possibilidade de receber novos investimentos, como as grandes indústrias, pois está estruturada”, declarou a Governadora.

A obra foi executada pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). Investimento de R$ 3,7 milhões para atender 16.500 pessoas.

Em Tibau do Sul, a solenidade de inauguração foi acompanhada pelo Prefeito, Valdenício Costa, do Presidente do Sindágua, Alberto Moura, e de vereadores do município.

A obra beneficiará nove mil pessoas, o que representa o atendimento de 92% da população urbana e praias. O sistema é composto por 2.270 ligações domiciliares. Foram assentados 20,6 quilômetros de tubos na rede coletora de esgotos e mais 11,5 quilômetros de emissários, tubos que levam os dejetos até a estação de tratamento. Concluída a construção do sistema, os beneficiados serão autorizados a providenciar as ligações de seus imóveis à rede. O investimento foi de R$ 14,7 milhões, sendo R$ 10,7 milhões alocados junto ao Ministério do Turismo e R$ 4 milhões aplicados pelo Governo do Estado, com recursos próprios.

Leia Mais

Henrique Alves aponta transparência para boa governança

DSC_4258_
Foto: J. Batista

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, participou nesta segunda-feira (17) do Seminário “Pacto pela Boa Governança: um retrato do Brasil”. O objetivo do encontro, promovido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), é promover um diálogo interinstitucional federativo com foco no aperfeiçoamento da administração pública para realizar um diagnóstico sobre temas como saúde, educação, previdência social, segurança e infraestrutura. Os resultados serão entregues à presidente da República e a todos os governadores eleitos.

Em seu pronunciamento no evento, Henrique Alves disse que o seminário contribuirá para “arejar” os debates sobre os rumos que devem ser traçados para o aperfeiçoamento das instituições e para o progresso do País. “A Câmara dos Deputados tem se empenhado para atender as demandas mais exigentes em relação a práticas de boa governança, bem como tem procurado acompanhar a vanguarda das melhores iniciativas no campo da gestão pública, seja em âmbito interno, seja nas suas atividades fins: a produção legislativa e a fiscalização e controle dos atos do Poder Executivo”.

O presidente da Câmara ressaltou a importância de se consolidar princípios como transparência, participação, efetividade, responsabilidade corporativa e prestação de contas nas práticas de governança das instituições públicas. “Na Câmara, temos um plano de gestão estratégica que se funda nesses princípios. Instituído há cinco anos, ele se coaduna com as bases da boa governança, por formalizar as instâncias responsáveis pela coordenação, execução, controle e melhoria do processo de gerir estrategicamente toda a Casa”. Esse plano, segundo Henrique Alves, tem influenciado inúmeras ações e fluxos internos, aprimorando o funcionamento de um dos poderes da República e reduzindo a distância das ações dos parlamentares em relação aos cidadãos.

Leia Mais